Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

Farmacêutico exerce papel fundamental no gerenciamento do uso de antimicrobianos

Data: 17/11/2021

“Programa de gerenciamento do uso de antimicrobianos: por onde começar?”. Esse é o tema do webinar que será promovido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no próximo dia 18 de novembro. A iniciativa marca o início das atividades pela Semana Mundial de Conscientização sobre o Uso dos Antimicrobianos 2021, que prossegue até 24 de novembro. O evento será realizado, às 15h, e será ministrado pela infectologista Sílvia Lemos, profissional que possui vasta experiência na área.

Segundo a farmacêutica Lilian Barros, da Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde da Anvisa, as atividades da semana mundial têm como objetivo sensibilizar a sociedade para o tema da resistência microbiana. “Precisamos encorajar as melhores práticas entre o público em geral, profissionais da saúde e formuladores de políticas públicas para prevenir o desenvolvimento e a disseminação de microrganismos resistentes aos antimicrobianos, que podem prejudicar o tratamento de infecções”, destacou.

A campanha teve início em 2015 e está diretamente relacionada a um dos objetivos do plano de ação global para o combate à resistência microbiana: a melhoria na consciência e no entendimento do problema por meio de comunicação, educação e treinamentos efetivos. Nesse contexto, abordar o tema dos programas de gerenciamento do uso de antimicrobianos é importante, pois sua implementação auxilia no combate a resistência microbiana.

A farmacêutica Lilian Barros frisou que o programa busca otimizar o uso desses medicamentos, melhorar os desfechos dos pacientes, prevenir a seleção e disseminação de microrganismos resistentes e reduzir os custos da assistência. “São um conjunto de ações destinadas ao controle do uso desses medicamentos no serviço de saúde, englobando desde o diagnóstico, seleção, prescrição e dispensação adequada, boas práticas de diluição, conservação, administração, auditorias, monitoramento das prescrições, educação de profissionais e pacientes, monitoramento do programa, até a adoção de medidas intervencionistas para assegurar resultados terapêuticos ótimos com o mínimo de risco potencial para os pacientes”, salientou.

A Anvisa publicou, em 2017, um documento chamado Diretriz Nacional para Elaboração de Programa de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos em Serviços de Saúde. O material traz um passo a passo de como implementar o programa. A agência também promoveu a capacitação de cerca de 120 profissionais, em 2019, por meio de uma parceria com a Sociedade Britânica de Quimioterapia Antimicrobiana (British Society for Antimicrobial Chemotherapy). Participaram vários farmacêuticos, profissionais considerados estratégicos para o programa. “O farmacêutico é essencial, não apenas fazendo parte do time interdisciplinar que vai operacionalizar o programa de gerenciamento, mas também apoiando a comissão de controle de infecção hospitalar, com ações em laboratórios de microbiologia. Além disso, o profissional pode ajudar no combate à resistência trabalhando as informações junto aos pacientes nas Farmácias, estimulando a tirar dúvidas sobre os seus tratamentos e o uso adequado dos medicamentos”, apontou Lilian.

Para mais informações, ouça a matéria completa na Rádio News Farma.

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas










TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700