15/10/2021 - Medicamentos especiais têm queda de preço pelo quarto mês seguido

Em relação a agosto, os preços dos medicamentos de especialidades registraram uma queda de 1,31% no mês de setembro. Depois da disparada registrada

Em relação a agosto, os preços dos medicamentos de especialidades registraram uma queda de 1,31% no mês de setembro. Depois da disparada registrada em abril, esse é o quarto recuo seguido. O dado foi calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e pela Bionexo.

Veja também: Descarte consciente das sobras de medicamentos

Mesmo com a tendência de queda no preço desses medicamentos se mantendo, o percentual foi menor do que o apresentado em agosto, 2,29%. A tendência dos últimos meses não alterou o patamar de alta para o ano, que acumula 8,49% de aumento de preços em 2021 e 9,15% no período de 12 meses.

Siga nosso Instagram

A segunda onda da pandemia da Covid-19 foi a grande responsável pela alta acumulada, segundo a Fipe, aliada ao fato de muitos medicamentos e insumos virem do exterior e estarem suscetíveis às variações cambiais.

Quais medicamentos tiveram maior queda?

Os grupos de medicamentos que apresentaram uma maior variação negativa em setembro foram:

Apesar da tendência, alguns grupos apresentaram alta nos preços:

A Bionexo usa seus dados sobre as transações desde janeiro de 2015 para determinar o Índice de Preços de Medicamentos para Hospitais (IPM-H). A Fipe afirma que, apesar de ser correlato ao preço nas farmácias, o índice não mensura nem tem influência sobre ele.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Fotos Relacionadas