27/07/2016 - Vacina contra dengue não tem data para chegar às clínicas

O laboratório francês Sanofi-Pasteur, responsável pela produção da vacina contra a dengue, a Dengvaxia, informou ontem que ainda não há data definida para que a imunização esteja disponível à população nas clínicas. Mesmo assim, já há fila de espera em unidades particulares do Rio. O GLOBO procurou dez clínicas de vacinação nas zonas Sul, Oeste e Norte da cidade, e a maioria informou que a procura já começou e os pedidos foram encaminhados ao laboratório. Em uma delas, na Tijuca, há uma lista de 15 pacientes aguardando pela chegada do produto.

A Sanofi explicou que aguardava a definição do preço — cada dose vai custar entre R$ 132,76 e R$ 138,53, de acordo com alíquota do estado — para dar início à comercialização. Mas informou que ainda não tem previsão de quando fará a entrega dos pedidos. A distribuição será feita em todo o Brasil.

EFICAZ CONTRA OS 4 TIPOS DA DOENÇA

No Sistema Único de Saúde (SUS), a distribuição da vacina depende do aval da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), que analisa itens como eficácia, segurança e custo do produto. O Ministério da Saúde disse que ainda não foi decidido, portanto, se vai haver aplicação da Dengvaxia nas unidades públicas.

A Dengvaxia, aprovada no fim do ano passado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é a primeira vacina contra a dengue disponível no Brasil. É eficaz contra os quatro tipos de dengue, podendo reduzir dois em cada três casos da doença, 80% das hospitalizações e 90% da incidência de casos graves que resultam em mortes.

Fonte: O Globo

Fotos Relacionadas