14/04/2014 - O necessário cuidado com analgésicos

O paracetamol tem venda livre no balcão das farmácias e, como ocorre com todos os analgésicos, deve ser evitado seu consumo exagerado.

A dose máxima diária em 24 horas é de 4 gramas e, em nosso meio, cada comprimido tem 500 mg ou 750 mg.

Ele também é comercializado com os nomes de Tylenol, Acetominofeno, Dorico e faz parte da formulação de alguns remédios para gripe e resfriados, como Naldecon e Vick Pyrena, entre outros.

Apesar de também indicado para febre, assim como a aspirina, não deve ser usado em portadores de dengue.

No congresso internacional sobre fígado, que termina amanhã em Londres, foi apresentado um novo modelo para tratamento da intoxicação por paracetamol, que pode provocar insuficiência hepática fatal. A doença causa, no Reino Unido, de 150 a 200 mortes e de 15 a 20 transplantes de fígado a cada ano.

Especialistas do King`s College Hospital de Londres recomendam internação dos pacientes para detectar já na admissão hospitalar eventuais alterações neurológicas e insuficiência cardíaca e, nos três dias imediatos, para analisar alterações sanguíneas antes de indicar transplante urgente de fígado, se necessário.

O tratamento da intoxicação é realizado com o antídoto acetilcisteina.

Na revista "British Journal of Clinical Pharmacology", especialistas assinalam que essa orientação provocou aumento de internações hospitalares de 33 mil para 49 mil em um ano.

Fonte: Folha de S. Paulo
Autor: Julio Abramczyk

Fotos Relacionadas