Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Citrato de Cálcio e Carbonato de Cálcio

Pergunta 7467/2012

São vários os fármacos à base de cálcio, como exemplos o sal de citrato, de carbonato, dentre outros. Existe alguma diferença na indicação terapêutica?

 

Resposta

O Cálcio é um elemento essencial para o organismo, tem função de regulador na liberação e armazenamento de neurotransmissores e hormônios, na absorção e ligação de aminoácidos, na absorção de vitamina B12 e na secreção gástrica. O cálcio é necessário para manter a função do sistema nervoso, muscular e esquelético, a permeabilidade capilar da membrana celular, a formação dos ossos e dentes. É ativador de muitas reações enzimáticas, sendo essencial para a transmissão de impulsos nervosos; contração dos músculos cardíacos, liso e esquelético; respiração; coagulação do sangue, e função renal (Klasco, 2012).

Embora existam vários fármacos à base de cálcio para reposição do organismo, existem diferenças entre eles nas vias de administração, proporção de cálcio por grama, velocidade e quantidade absorvida, sendo às vezes, com indicação terapêutica diferente.

Seguem alguns exemplos abaixo:

- A administração parenteral de cálcio é útil para corrigir hipocalcemia (Klasco 2012).
- A suplementação de cálcio oral, em conjunto com a terapia de estrogênio, é eficaz na prevenção da perda óssea pós-menopausa (Klasco, 2012).
- Em consenso, a Sociedade Norte-americana da Menopausa citou evidências de que, além de reduzir o risco de osteoporose, a ingestão adequada de cálcio está associada com a pressão arterial e redução do risco de câncer colorretal, obesidade e nefrolitíase (Klasco, 2012).
- O acetato de cálcio é indicado para reduzir o fósforo sérico em adultos com doença renal crônica terminal (Klasco, 2012).
- Gluconato de cálcio é usado para manejo de hipocalcemia, tetania hipocalcêmica e na composição de nutrição parenteral (FTN, 2010).
- Carbonato de cálcio é usado no tratamento de hiperfosfatemia em pacientes com insuficiência renal grave ou associada a hiperparatireoidismo e em estados hipocalcêmicos (FTN, 2012).
- O uso de cálcio isolado é recomendado na prevenção de doença hipertensiva específica da gravidez. Ele reduz o risco de pré-eclampsia, principalmente em mulheres com baixa ingestão de cálcio e naquelas com elevado risco de hipertensão. Diminui também o risco de morte ou morbidade grave materna. O suplemento de cálcio em crianças sadias não tem fundamento científico (FTN, 2012).
- Com relação ao cálcio quelato, vai depender de qual composto está quelado com ele. Para podermos realizar uma pesquisa mais detalhada precisaremos dos nomes dos medicamentos a serem comparados.

Bibliografia

1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010. 2a. edição. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/FTN_2010.pdf. Acesso em: 03.05.2012
2. Klasco RK (Ed): Drugdex System. Thomson MICROMEDEX, Greenwood Village, Colorado, USA. Disponível em: http://www.thomsonhc.com/. Acesso em: 03.05.2012.
 

15.10.2012

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700