Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Ciprofloxacino X Amiodarona

Pergunta 7575/2012

Existe interação medicamentosa entre ciprofloxacino e amiodarona?

Resposta:

AMIODARONA

Amiodarona é fármaco com propriedades antiarrítmicas de classe III, ou seja, diminui a fase de repolarização e prolonga a duração da ação potencial e o intervalo QT cardíaco, pelo bloqueio dos canais de potássio. É usada no controle da arritmia ventricular e supraventricular, assim como aquela relacionada à síndrome de Wolff-Parkinson-White. Seu uso na insuficiência cardíaca está associado à redução de 20% a 25% da mortalidade. Entretanto, o fármaco também foi associado a um aumento de 120% a 124% de reações adversas (hipotensão e bradicardia) (FTN, 2010).

CIPROFLOXACINO

Ciprofloxacino é antibacteriano do grupo das fluoroquinolonas. Apresenta amplo espectro, boa biodisponibilidade, boa penetração tecidual, meia-vida longa e relativa segurança. Deve ser reservado ao tratamento de infecções causadas por bactérias gram-negativas aeróbias, incluindo Salmonella, Shigella, Campylobacter, Neisseria e Pseudomonas aeruginosa (infecções urinárias complicadas, geniturinárias, respiratórias, infecções cutâneas e de tecidos moles, ósseas e articulares, intra-abdominais – com metronidazol). Não deve ser empregado em pneumonia pneumocócica. O uso abusivo determina emergência crescente de resistência microbiana (FTN, 2010). O ciprofloxacino, assim como outras quinolonas, causa prolongamento do intervalo QT cardíaco (Aronson, 2006).

INTERAÇÃO ENTRE AMIODARONA E CIPROFLOXACINO

O uso concomitante de ciprofloxacino e antiarrítmicos classe III (ex.: amiodarona) pode aumentar o risco de cardiotoxicidade (prolongamento do intervalo QT, torsades de pointes e parada cardíaca) (Klasco, 2012).

A associação de amiodarona com fármacos arritmogênicos, particularmente aqueles que prolongam o intervalo QT cardíaco, como fluoroquinolonas, antipsicóticos fenotiazínicos, antidepressivos tricíclicos e halofantrina, deveria ser evitada (Klasco, 2012b).

Portanto, antes de prescrever a associação de amiodarona e ciprofloxacino, o prescritor deve avaliar cuidadosamente os potenciais riscos e benefícios dessa conduta (Klasco, 2012).

Bibliografia

1. Aronson JK, Dukes MNG(Ed.). Meyler’s Side Effects of Drugs. 15 ed. Amsterdam: Elsevier, 2006.

2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010. 2a. edição. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/FTN_2010.pdf

3. Klasco RK (Ed): Drugdex System. Thomson MICROMEDEX, Greenwood Village, Colorado, USA. Disponível em: http://www.thomsonhc.com/. Acesso em: 26.06.2012.

4. Klasco RK (Ed): Martindale: The Complete Drug Reference. Thomson MICROMEDEX, Greenwood Village, Colorado, USA. Disponível em: http://www.thomsonhc.com/. Acesso em: 26.06.2012.

03.10.2012.


TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700