Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

CONGRESSO DA FIP: Conhecimento, prática e cobrança

Data: 03/10/2012

O Presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter Jorge João, encontra-se, em Amsterdã (Holanda), onde participará, de 3 a 8 de outubro de 2012, do Congresso da FIP (Federação Farmacêutica Internacional). O evento vai girar em torno do tema central “Melhorar a saúde por meio do uso responsável de medicamentos”. Walter Jorge chega à Holanda disposto a cobrar da Federação uma postura mais ativa junto aos governos dos países da América Latina, com vistas à criação de um esforço comum e coordenado em direção à construção de políticas que garantam o exercício pleno da profissão farmacêutica. O dirigente do CFF entende que vários problemas localizados no setor de saúde, no Continente, podem ser dirimidos, por meio dos serviços farmacêuticos.

Para Dr. Walter Jorge, não há como se pensar em uso responsável de medicamentos, sem a ação do farmacêutico junto às comunidades onde ele está inserido. Sua declaração tem relação com o tema central do Congresso da FIP. Ele ressalta que a adoção de uma política bem-sucedida de promoção do uso responsável de medicamentos é um dos maiores desafios dos países, com impactos diretos sobre a saúde dos cidadãos e reflexos nos sistemas público e privado de saúde.

Qualquer esforço empreendido, com vistas a se por em prática ações para a promoção do uso correto de medicamentos, segundo o Presidente do CFF, tem que passar obrigatoriamente pelos serviços farmacêuticos. “O farmacêutico é o profissional do medicamento e da terapia medicamentosa. Ele é quem tem a compreensão exata de uma coisa e de outra. A chave da política do uso correto de medicamentos está em suas mãos”, disse o Diretor do CFF.

Walter Jorge apresentará ao Conselho Diretor da FIP, em Amsterdã, um documento em que o Conselho Federal de Farmácia relaciona os principais problemas enfrentados por vários países latino-americanos. Um deles é a falta de autonomia das instituições que regulamentam a profissão farmacêutica. Elas estão ligadas diretamente ao Ministério da Saúde, ou são entidades sem representatividade.

No caso do Brasil, cita o documento, um dos problemas é a busca da desregulamentação da responsabilidade técnica pelas farmácias e drogarias, perpetrada por auxiliares de nível técnico. A responsabilidade é do farmacêutico, de forma indelegável. Outro problema é expansão da comercialização dos medicamentos isentos de prescrição (MIPs), o que eleva o risco para a saúde da população. A liberalização da venda dessa classe de produtos é sustentada pela propaganda maciça, pela visão equivocada da autoridade sanitária e pelo acesso facilitado dos pacientes aos produtos, nas farmácias e drogarias, segundo aponta o documento. 

Os problemas são comuns, na América Latina. Eles se juntam a outros de igual magnitude, como a comercialização de produtos de baixa qualidade, contrabandeados e falsificados. Outra situação é a comercialização, sem controle, de esteroides anabolizantes, nas academias de ginásticas. Jovens fazem uso desses produtos, na busca rápida do crescimento da massa muscular.

A falta de uma política que garanta o acesso universal da população aos medicamentos e aos serviços farmacêuticos, e que corresponsabilize os demais integrantes da cadeia produtiva pelos resíduos gerados são apontados pelo Conselho Federal de Farmácia como crítico, no Continente. O documento do CFF, no entanto, fala de avanços, no Brasil, nessa questão. Lembra que, nos últimos anos, houve um efetivo investimento do Governo Federal no financiamento de medicamentos destinados a pacientes da rede pública, bem como a adoção de uma política para tratar dos serviços farmacêuticos nas redes prioritárias de atenção à saúde, bem como da logística reversa de medicamentos (destinação correta dos resíduos).

PARTICIPAÇÃO DA FIP - Dr. Walter Jorge vai apelar à FIP, no sentido de assumir uma postura participativa nas lutas das organizações farmacêuticas, na América Latina. Em muitos países do Continente, frisou o Presidente do CFF, as instituições da profissão não conseguem, sozinhas, dialogar e convencer as autoridades governamentais, necessitando da liderança e apoio da FIP. “Gostaríamos, por exemplo, de ver a Federação cobrando das autoridades sanitárias desses países a inclusão dos serviços farmacêuticos nas farmácias públicas e privadas e onde mais o medicamento é dispensado”, realçou.

O Presidente do CFF declarou que há outros problemas capitais a serem enfrentados com o oferecimento dos serviços farmacêuticos, nas farmácias. Citou o fenômeno do envelhecimento da população, o recrudescimento dos casos de intoxicação por medicamentos, o aumento da falsificação de produtos farmacêuticos como situações que requerem, com urgência, a ação dos profissionais. “Ora, há uma situação crítica na saúde do Continente, e nós não podemos ficar de braços cruzados, aguardando que os problemas sejam resolvidos por declive”, disse, incisivo, Dr. Walter Jorge. Participam, ainda, do Congresso da FIP o Secretário-Geral do CFF, José Vílmore Silva Lopes Júnior, e o Assessor da Presidência do órgão, Tarcísio Palhano.

O CONGRESSO – Cerca de 3 mil farmacêuticos e cientistas do setor de mais de 200 países de todo o mundo participarão do Congresso FIP. Este ano, a Federação comemora o seu centenário, na Holanda, País de origem da entidade. O Congresso é o principal evento internacional farmacêutico do Planeta e oferece oportunidades de aprendizagem em todas as áreas da Farmácia. A FIP conclama os farmacêuticos e cientistas farmacêuticos a assumirem seus lugares como líderes nas equipes de saúde e fazerem a sua parte para inaugurar uma nova era de cuidados em saúde em uma escala global. O tema central do evento - “Melhorar a saúde por meio do uso responsável de medicamentos” - será apoiado por um programa de alto nível que reúne palestrantes especialistas, simpósios, workshops e cartazes versando sobre as diversas áreas da prática e da ciência farmacêutica.

Fonte: CFF
Autor: Aloísio Brandão, Jornalista, Assessor de Imprensa do CFF

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700