Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Presidente destaca a participação do CFF no crescimento da profissão farmacêutica

Data: 21/10/2008

 

A participação efetiva do Conselho Federal de Farmácia (CFF) no crescimento da profissão farmacêutica foi o tema do discurso do Presidente do órgão, Jaldo de Souza Santos, na abertura do 4º Simpósio sobre Estudos Farmacêuticos da UniEvangélica, em Anápolis (GO).
 
Dirigindo-se a estudantes de graduação, pós-graduação, professores e profissionais da área de saúde, Souza Santos destacou a atuação do CFF junto aos coordenadores de cursos de Farmácia, no sentido de garantirem a formação de um profissional generalista. A formação generalista é uma mudança estabelecida pelas Diretrizes Curriculares, adotadas pelo Ministério da Educação, em 2002, fruto de um amplo debate desencadeado pelo Conselho Federal de Farmácia.
 
Souza Santos voltou a insistir na necessidade de qualificação, por meio de cursos de especialização ou de pós-graduação, e destacou que só a qualificação prepara o profissional para acompanhar a expansão e diversificação da atividade farmacêutica que, hoje, expandiu-se para mais de 70 campos de atuação. "Há uma demanda nova e exigente por parte do mercado, e os farmacêuticos precisam estar preparados para ela", acrescenta.
 
O Presidente aproveitou a oportunidade para informar a alunos, professores, profissionais e dirigentes da UniEvangélica, que o Conselho Nacional de Educação (CNE) acatou a sugestão do CFF, determinando que a carga horária para a graduação em Farmácia não seja inferior a 4.800 horas. "Em geral, não existe padronização de conteúdos, e é preciso uniformizar a carga horária. Não é possível estruturar um curso de Farmácia de qualidade, que contemple a teoria e a prática, com carga horária inferior a 4.800 horas", ressalta o Presidente do Conselho Federal de Farmácia.
 
SIMPÓSIO - O evento, quem tem como tema principal os "Avanços na profissão farmacêutica", termina, amanhã, dia 22, e está sendo realizado, no Auditório do Bloco F, Salão Nobre Richard Edward Senn, da UniEvangélica, em Anápolis.
 
ADAPTAÇÃO AO MERCADO - Para Fernando Honorato, professor de Físico-Química da Faculdade de Farmácia da Unievangélica, as palestras, mesas-redondas e grupos de trabalho devem levar estudantes e educadores a refletir sobre como a academia pode se adaptar à realidade de mercado, levando em consideração a saúde pública, a realidade social e as novas tecnologias.
 
Na programação, constam palestras sobre atuação da equipe multidisciplinar nas unidades básicas de saúde; legislação farmacêutica; assistência farmacêutica na farmácia comunitária; erro por uso de medicamento e entre outros temas. Mais informações pelo telefone (62) 3310 6715.

Fonte: CFF
Autor: Veruska Narikawa

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700