Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

CFF realiza Reunião Geral dos Conselhos de Farmácia

Data: 23/03/2012

 

Nos dias 21 e 22 de março, em Brasília, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) realizou a 58ª Reunião Geral dos Conselhos de Farmácia, com a presença de representantes de todos os Conselhos Regionais (CRFs). Nesta edição, a primeira sob o comando do Presidente do CFF, Walter Jorge João, a pauta foi elaborada de acordo com a demanda encaminhada pelos Conselhos Regionais ao Conselho Federal. Na oportunidade, os representantes estaduais puderam discutir questões sobre formação e capacitação do profissional, fiscalização, entre outros temas.

 


Na abertura do evento, o Presidente do CFF fez um breve relato das atividades do Órgão, nos três primeiros meses de sua nova gestão. Lembrou que o caminho para o fortalecimento profissional passa pela união da categoria e de todas as entidades que representam o farmacêutico. “Não existe outra forma de alcançar o reconhecimento que desejamos e a valorização de que necessitamos, sem que estejamos unidos, fortes e lutando pelos mesmos objetivos”, disse.

Em seu discurso, Walter Jorge João lembrou as ações da Diretoria do CFF junto a parlamentares, no sentido de mostrar a eles a importância do farmacêutico para a saúde do País, e como eles podem apoiar projetos de lei, em tramitação no Senado e na Câmara dos Deputados. “Fomos bem recebidos pelo Senador Humberto Costa, que declarou total apoio ao Projeto que prevê redução da jornada de trabalho farmacêutico, assim como temos o apoio do Deputado Mauro Nazif. Claro que não posso deixar de mencionar a visita que recebemos, em nosso gabinete, da Senadora Vanessa Grazziontin e da Deputada Alice Portugal, ambas farmacêuticas, que declararam estar sempre em defesa da profissão”, contou Walter Jorge João.

Ao destacar a importância da união de toda categoria, o Presidente do CFF contou aos presentes que recebeu, na sede instituição, a visita de dirigentes de várias entidades que representam o farmacêutico, como a Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar), Federação Interestadual dos Farmacêuticos (Feifar), Associação Brasileira de Ensino Farmacêutico e Bioquímico (Abenfarbio), Associação Brasileira de Ensino Farmacêutico (Abenfar), Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), entre outras. “E todas concordaram em discutir a melhor forma de representar a categoria e unir forças para conseguirmos nossos objetivos comuns. E para finalizar, conto também com o apoio de todos os Conselhos Regionais de Farmácia. Espero que todos estejam motivados por esse objetivo de unificar para fortalecer o farmacêutico brasileiro”,completou.

Durante os dois dias de Reunião Geral, os representantes dos Conselhos Regionais, dirigentes de outras entidades farmacêuticas como a Feifar, Fenafar e sindicatos, Diretoria do CFF e Conselheiros Federais, debateram questões como a qualidade do ensino farmacêutico, a fiscalização eletrônica móvel, alterações em resoluções do CFF, propostas de apoio de entidades, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os Diretores do CFF deram encaminhamento a todas as solicitações dos Conselhos Regionais. “Muitas delas dependem de ações das Comissões Assessoras do CFF, que estão em fase de constituição, mas assim que forem formalmente constituídas, já terão demandas dos Conselhos Regionais”, disse Presidente do CFF.

Durante a Reunião, o Grupo de Trabalho Especial sobre Avaliação da Educação Farmacêutica (Caef/CFF), representado por Danyelle Cristine Marini, com o apoio da Assessora da Presidência, Zilamar Costa Fernandes, apresentou um banco de dados com informações sobre a educação farmacêutica no Brasil, o número de profissionais e o número de postos de trabalho. Na oportunidade, Danyelle Cristine Marini destacou a importância da participação dos CRFs na atualização das informações sobre a atividade farmacêutica e os cursos oferecidos em cada Estado. “A intenção é melhorar a qualidade do ensino farmacêutico. Para tanto, precisamos de uma base de informações, como a que foi apresentada pelo CFF, para que o trabalho, nos Conselhos Regionais, possa ser aplicado com eficiência. Assim, o sistema CFF/CRFs pode colaborar com o Ministério da Educação, em caráter consultivo, para um diagnóstico do ensino farmacêutico, no País”, disse Walter Jorge João, Presidente do CFF.

Ainda durante a Reunião Geral, a Agência de Publicidade, Área Comunicação, apresentou um plano de comunicação que será desenvolvido pelo CFF, e contará com a colaboração dos Conselhos Regionais. “A intenção é encontrar formas novas de divulgação da profissão farmacêutica. Precisamos mostrar à sociedade em geral, aos governantes e até ao próprio farmacêutico que ele é um profissional de saúde, que deve ser reconhecido como tal e ser valorizado”, disse Valmir de Santi, Vice-Presidente do CFF. Ele comunicou aos dirigentes de Conselhos Regionais que algumas atividades de ampliação da comunicação já estão sendo desenvolvidas e que as ações nacionais contarão com o apoio dos CRFs.


HOMEANGEM – No dia 21, após o primeiro dia de debates da Reunião Geral, às 19hs, o Presidente do CFF foi homenageado pela Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), com o Prêmio Paulo Queiroz Marques. Em sua primeira edição, seis personalidades foram reconhecidas por suas contribuições para o desenvolvimento da Farmácia, dos medicamentos e dos farmacêuticos magistrais com o Prêmio. Além do Presidente do CFF, também foram homenageados Alexandre Padilha, Ministro da Saúde; Saraiva Felipe, Deputado Federal ( PMDB/MG); Alice Portugal, Deputada Federal (PC do B/BA); Gerson A. Pianetti, Professor da Universidade Federal de Minas Gerais; e Anderson de Oliveira Ferreira, farmacêutico magistral.

O nome da premiação é uma homenagem ao fundador e primeiro Presidente da Anfarmag, Paulo Queiroz Marques, um dos mais antigos profissionais e proprietário de farmácia, ainda em atividade, e que integra o núcleo de fundadores da entidade. Formado pela Faculdade de Farmácia da Universidade de São Paulo, o farmacêutico mais antigo do País em atividade, começou a preparar medicamentos na farmácia de seu pai, que era boticário, no interior de S. Paulo, aos 6 anos de idade, para ajudar a atender a demanda de mil cápsulas diárias, por conta da epidemia de malária. Trabalhou como pesquisador e gerente até adquirir seu primeiro estabelecimento, em 1963 e passar a se dedicar à manipulação.

LIDERANÇAS – Ao final da Reunião Geral dos Conselhos de Farmácia, no dia 22 de março, foi realizado o 3º Encontro de Lideranças Farmacêuticas, promovido pela Farma & Farma e Conselho Regional de Farmácia de Santa Catarina (CRF/SC), com o apoio do CFF. À mesa diretora, estavam presentes Paulo Roberto Boff (Conselheiro Federal/SC); Rinaldo Ferreira (Presidente da Farma & Farma); Walter da Silva Jorge João (Presidente do CFF); Geraldo Martins Pereira, chefe de gabinete e representante do Senador Paulo Bauer (PSDB/SC); José Miguel do Nascimento Júnior (Diretor DAF/Ministério da Saúde) e Jaime Cesar de Oliveira (Diretor da Anvisa).

O objetivo do evento foi promover o debate sobre as moções do 2º Encontro de Lideranças Farmacêuticas, entre elas - que a Anvisa amplie e regulamente os serviços farmacêuticos passíveis de serem realizados na farmácia, incluindo a venda e aplicação de vacinas, pequenos curativos e monitoramento de fatores bioquímicos como colesterol e triglicerídeos; que seja criado o Grupo de Medicamentos de Venda sob Orientação Farmacêutica. Os medicamentos devem receber a tarja: “Venda sob Orientação Farmacêutica”; Que se forme um comitê gestor permanente nacional em defesa do imposto zero para medicamentos no Brasil, a exemplo do que fizeram outros 20 países do mundo, entre outras.

O Presidente do CFF agradeceu a colaboração e participação de todos os representantes de Conselhos Regionais e outras entidades que representam a categoria e encerrou o evento com otimismo. “Os intensos debates servem para nos mostrar que estamos avançando e a profissão tende a crescer e, portanto, há muito a ser feito. Que cada um de vocês voltem aos seus Estados com a certeza que podem, sempre, contar com o Conselho Federal na defesa do farmacêutico”, concluiu Walter Jorge João, no encerramento do evento.

 

Fonte: CFF
Autor: Veruska Narikawa

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700