Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

57ª Reunião Geral dos Conselhos de Farmácia

Data: 25/03/2011

 “O objetivo de uma Reunião Geral dos Conselhos de Farmácia é muito maior que a troca de experiências entre representantes farmacêuticos de todos os Estados da Federação. Estamos aqui reunidos e unidos em prol de uma saúde pública, cada dia, melhor”. Com estas palavras, o Presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Jaldo de Souza Santos, deu início, no dia 23 de março de 2011, à 57ª Reunião Geral dos Conselhos de Farmácia, no Hotel Naoum Plaza, Setor Hoteleiro Sul, em Brasília. O evento contou com a participação de dirigentes de todos os Conselhos Regionais do País, da diretoria do CFF, Conselheiros Federais e convidados.

Ainda na abertura do evento, o Presidente do CFF destacou a importância dos Conselhos Regionais (CRFs) no contato direto com os farmacêuticos e lembrou que é preciso fortalecer a atuação educativa dos CRFs, para que a profissão cresça e o profissional seja valorizado. “Como farmacêuticos, somos imprescindíveis para a redução de custos com saúde pública, e como integrante de um Conselho, temos o dever de zelar pela atividade e orientar o profissional quanto à sua atuação”, afirmou Souza Santos.

No primeiro dia de Reunião, a Comissão de Legislação (COLEG) do CFF, apresentou aos dirigentes e representantes de CRFs propostas de alteração do Regulamento Eleitoral, entre elas, o voto pela internet. O debate gerado pelo tema foi extenso, mas o assunto não foi esgotado, e deve voltar ao Plenário do Órgão.

Ainda no dia 23, constou da pauta a apresentação da proposta do Conselho Regional de Farmácia do Ceará (CRF/CE) para a elaboração de uma minuta de instrução normativa acerca de sessões educativas para a atualização do farmacêutico. E, ao citar a atuação dos CRFs no registro de profissionais, a Assessora do CFF, Zilamar Fernandes, explicou que é preciso atenção, ao conferir diplomas. “Existem instituições que não são reconhecidas pelo Ministério da Educação e continuam emitindo diplomas. A recomendação é para que os Conselhos Regionais, ao detectar algum tipo de fraude, entre em contato com o CFF”, afirmou a assessora.

Além da discussão em torno da inclusão dos profissionais farmacêuticos assistentes técnicos, debate fomentado pelo Conselho Regional de Mato Grosso (MT). Temas como anuidades, carga horária e atividades do farmacêutico também foram debatidos na Reunião. “É importante ouvir quem está na dianteira do relacionamento com o farmacêutico. Assim, o Plenário do CFF sempre levará em conta o pensamento real da categoria, em suas deliberações”, completou Jaldo de Souza Santos, Presidente do CFF.

O dia 24 março, segundo dia de Reunião Geral, foi marcado pela apresentação de um balanço da Fiscalização nos CRFs, entre os anos de 2006 e 2010. De acordo com a Presidente da Comissão de Fiscalização do CFF e Conselheira Federal de Farmácia pelo Maranhão, Mary Jane Limeira de Oliveira, a atividade cresceu, em todo o País. “Mas precisa melhorar o seu aspecto de orientação ao farmacêutico, que está, no dia-a-dia, com os pacientes, para que os resultados sejam mais que simples estatísticas”, disse Mary Jane Limeira. A Comissão de Fiscalização do CFF é composta, também pelos farmacêuticos Walter da Silva Jorge João (Vice-Presidente do CFF), Carlos Roberto Merlin, Everson Augusto Krum e Guilherme Carvalho dos Reis.

Outro destaque do segundo dia de Reunião foi a presença do Presidente da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), Irineu Keiserman Grinberg, no debate sobre educação continuada, em todos os Estados da Federação. “Esse debate, na Reunião Geral, é só um embrião, mas é imprescindível para o fortalecimento dos farmacêuticos no campo das análises clínicas”, disse. Keiserman.

O Ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), André Luiz Carvalho, também, participou da Reunião, ministrando a palestra A fiscalização contábil no TCU – um olhar para o futuro. Carvalho explicou sobre sistemas de controle, fiscalização financeira, tomada de contas e tendências e lembrou que a inclinação é de as instituições encararem o TCU como mais um parceiro, “mas sempre buscando pela qualidade dos serviços prestados, com foco na efetividade, eficácia e eficiência e, para tanto, é preciso qualificar o profissional de Contabilidade”, observou.

REUNIÃO PLENÁRIA - No dia 25 de março, o CFF realiza a sua 381ª Reunião Plenária no Auditório Conselheiro Sebastião Ferreira Marinho do CFF, em Brasília. Em pauta, o Relatório da Comissão de Tomada de Contas; Projeto de Lei sobre piso salarial e processos administrativos.

Fonte: CFF
Autor: Veruska Narikawa

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700