Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Farmácia de Minas

Data: 19/06/2008

O Presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Jaldo de Souza Santos, participou, nessa terça-feira (17.06), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte (MG), do lançamento de um conjunto de ações públicas para o setor de saúde. Entre as ações, está o Programa Farmácia de Minas. O anúncio do pacote de medidas foi feito pelo Governador Aécio Neves. Souza Santos foi a Minas, a convite  do Governador.

Além da construção de farmácias, em Municípios com até 10 mil habitantes, o Governador mineiro, Aécio Neves, anunciou que investimentos da ordem de R$ 70,4 milhões provenientes do Tesouro Estadual serão aplicados na implantação do Pró-Hosp Urgência e Emergência, programa que possibilita à população mineira atendimento hospitalar de qualidade, nos 126 hospitais que formam a rede; e na  compra de 421 veículos para facilitar e garantir o acesso da população aos serviços de saúde, por meio do Sistema Estadual de Transporte em Saúde (SETS).

 
FARMÁCIA DE MINAS - O Programa, em sua primeira fase, vai implantar, em 67 municípios com população estimada em até 10 mil habitantes, uma farmácia da rede. Os Municípios selecionados receberão do Tesouro Estadual um incentivo de até R$ 90 mil para a construção da farmácia e aquisição de equipamentos, mais R$ 1.200,00, em 13 parcelas mensais, para a contratação do profissional farmacêutico. Além da ajuda financeira, outro ponto destacado pelo plano é a implantação do SIGAF (Sistema Integrado de Gestão da Assistência Farmacêutica), um software livre que gerencia a dispensação de medicamentos.
 
A previsão do Governo mineiro é de que, até 2010, 450 farmácias já estejam construídas. A proposta é contemplar todos os Municípios com população inferior a 10 mil habitantes. Na segunda fase, mais 107 Municípios com população entre 20 e 30 mil serão atendidas. A rede cobrirá mais de 70% das cidades mineiras e, nas unidades, serão dispensados medicamentos para atenção primária à saúde. São 107 itens, entre analgésicos, antiasmáticos, cardiovasculares e outros. Quando estiverem em funcionamento, além da dispensação gratuita de medicamentos para a atenção primária, as farmácias terão um farmacêutico, que fará acompanhamento do usuário, dando orientações e acompanhado a terapêutica medicamentosa.
 
Durante o anúncio, o Governador do Estado, Aécio Neves, destacou as estratégias definidas em parceria com os Municípios, nos quais o grande desafio é o controle de gasto público e a aplicação correta das verbas. "As ações desenvolvidas e a transparência nas aplicações, cada vez mais, contribuem para que a população receba bom atendimento o mais perto de casa possível. Com os investimentos para os Municípios, ajudamos a desafogar os serviços de saúde disponíveis, nos grandes centros urbanos. É uma caminhada bem traçada com diversos apoiadores", comentou.
 
Para o Secretário de Estado de Saúde (SES), Marcus Pestana, a continuidade da gestão está permitindo consolidar as mudanças e melhorias no setor de saúde pública e, ao mesmo tempo, assegurando à população dignidade, por meio dos avanços coerentes com as diretrizes programadas. "É um grande desafio, pois temos realizações concretas, que servem de ponte para construir uma nova percepção sobre o que está sendo feito por esta gestão, que está mudando o perfil da saúde, em Minas, e que está servindo de referência para todo o País", lembrou.
 
CFF - Para o Presidente do CFF, Jaldo de Souza Santos, as ações do Governo de Minas Gerais, principalmente a implantação do Programa Farmácia de Minas, representa a sensibilização do Governo em relação à importância dos serviços farmacêuticos e da assistência farmacêutica na saúde pública. "Com a implantação do Programa Farmácia de Minas, serão disponibilizados diversos serviços farmacêuticos, com ênfase na dispensação e acompanhamento farmacoterapêutico do paciente. É um exemplo de assistência farmacêutica que deve ser seguido por outros Estados", disse.
 
SOLENIDADE - Também, estiveram presentes ao evento, o Presidente da Associação dos Hospitais de Minas Gerais, Wagner Neder Issa; o Presidente do Conselho Regional de Farmácia de Minas, Benício Machado de Faria; o Presidente do Colegiado de Secretários Municipais de Saúde (Cosems/MG), Mauro Guimarães Junqueira; e o Procurador Antônio Joaquim Fernandes Neto, coordenador do CAO Saúde.   Cerca de mil convidados participaram do evento, entre eles 600 farmacêuticos, aproximadamente.
 
Na oportunidade, o Governador Aécio Neves fez, ainda, o lançamento do Prêmio Célio de Castro de Qualidade e Humanização dos Hospitais da Rede Pró-Hosp. O Prêmio, que homenageia o Ex-prefeito de Belo Horizonte, é o reconhecimento à excelência da gestão dos hospitais da rede.

Fonte: CFF
Autor: Veruska Narikawa

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700