Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Cinquenténario do CFF é destaque na Câmara dos Deputados

Data: 16/11/2010

Em homenagem aos 50 anos de criação do Conselho Federal de Farmácia (CFF), o Deputado Federal, Luiz Bittencourt (PMDB/GO) fez, no dia 10 de novembro, no Plenário da Câmara dos Deputados, um pronunciamento destacando a luta de farmacêuticos como Aluísio Pimenta e Jayme Torres em prol da criação do CFF e valorização profissional, além das conquistas da profissão nas últimas décadas.


Íntegra do pronunciamento do Deputado Luiz Bittencourt:

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, é com prazer que venho a esta tribuna para falar de um dos dias mais importantes da história da profissão farmacêutica e da saúde neste País. Refiro-me ao 11 de novembro de 1960, dia em que o Diário Oficial da União publicou a Lei nº 3.820, criando o Conselho Federal de Farmácia. Amanhã, portanto, esse importante órgão comemorará o seu cinquentenário.

O Conselho Federal de Farmácia é fruto direto da luta dos farmacêuticos brasileiros durante toda a década de 50 para fortalecer a profissão e, assim, enfrentar a onda devastadora que se dirigia contra a categoria. A onda, criada pelo interesse econômico, buscava arrancar a fórceps os farmacêuticos de dentro de suas farmácias e transferir a propriedade desses estabelecimentos para pessoas leigas no assunto.

Para enfrentá-la, os farmacêuticos precisavam de uma entidade com abrangência nacional, forte e com poder de mobilização. Então, um grupo de farmacêuticos dirigiu-se ao Presidente Juscelino Kubitschek para lhe pedir que criasse a entidade.

Entre os farmacêuticos, encontravam-se o mineiro, intelectual, Aluísio Pimenta, que foi professor na Universidade de Londres, Reitor da Universidade Federal de Minas Gerais e Ministro da Cultura do Governo Sarney.

Outro importante integrante desse grupo era o farmacêutico paulista Jaime Torres, primeiro presidente do que viria a ser o Conselho Federal de Farmácia. Pouco depois do encontro com os farmacêuticos, o Presidente Juscelino Kubitschek encaminhou a esta Casa uma proposta de criação do Conselho Federal de Farmácia. E aqui o nobre Deputado Ulysses Guimarães, saudoso Presidente desta Casa e do meu partido, o PMDB, do alto de sua liderança, sensibilidade e vontade política, assumiu a luta pela votação e aprovação do projeto de lei que criou o Conselho Federal de Farmácia.

O Conselho mudou o panorama farmacêutico e da saúde no Brasil. O seu objetivo é defender a sociedade, exigindo o cumprimento do dever ético dos farmacêuticos de prestar serviços de qualidade à população. Nestes 50 anos, o Conselho Federal de Farmácia fortaleceu e fez crescer a profissão farmacêutica.

É impossível falar deste Conselho sem citar o nome de Dr. Jaldo de Souza Santos, o farmacêutico a quem a história escolheu para promover a mais audaciosa e histórica transformação dentro e fora dos limites dessa entidade.

Graças à sua estratégica e complexa visão sanitária e social e ao seu arrojo, Dr. Jaldo levou o Conselho para além das fronteiras da fiscalização. Ele criou políticas de qualificação profissional; implantou a fundação de ensino que está criando cursos de pós-graduação; resgatou a autoestima dos profissionais; implantou os Conselhos Regionais nos Estados e disseminou entre os farmacêuticos a cultura da busca permanente por conhecimentos universais e humanísticos, discussões que levaram à reformulação do ensino nas universidades. E mais, junto ao Presidente Lula, abriu as portas para a inclusão dos farmacêuticos no Sistema Único de Saúde.

Gostaria ainda de salientar que na gestão de Dr. Jaldo, o Conselho Federal de Farmácia produziu um decisivo conjunto normativo que deu novo rumo à profissão farmacêutica. São resoluções que passaram a regulamentar as mais de 74 atividades exercidas pelos farmacêuticos em todas as suas áreas de atuação.

O Conselho, nas gestões do Presidente Jaldo de Souza, rompeu outras fronteiras, aproximando-se de todas as instituições internacionais do setor, como a Organização Mundial da Saúde e a Federação Farmacêutica Internacional. Dr. Jaldo entende que este é um passo para estreitar os laços científicos dos farmacêuticos brasileiros com todos os farmacêuticos do mundo.

O Conselho Federal de Farmácia, a casa de todos os farmacêuticos brasileiros, é um exemplo de entidade que ajuda a transformar para melhor a qualidade de vida da população brasileira.

Amanhã, ao completar o seu cinquentenário, o Conselho Federal de Farmácia fará uma grande reunião aqui no Auditório Petrônio Portela, e a sua presidência convida as Sras. e os Srs. Deputados, as Sras. e os Srs. Senadores, para participar desse grande evento.

Com muito orgulho, mais uma vez, quero cumprimentar aqui o Dr. Jaldo de Souza pelo extraordinário trabalho que faz à frente do Conselho Federal de Farmácia e parabenizá-lo, porque como goiano que é, ele orgulha todos nós com sua dedicação, honradez e o extraordinário trabalho que faz em prol do nosso País.

Muito obrigado

 

Fonte: CFF/ Assessoria Parlamentar/Câmara dos Deputados
Autor: Deputado Luiz Bittencourt

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700