Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

Veja como prevenir e combater as doenças do inverno

Data: 21/06/2010

O inverno brasileiro começa nesta segunda-feira (21) e com ele chegam dias mais gelados e secos. Essa mudança de temperatura é um prato cheio para o surgimento da gripe e alergias, além de outros problemas como ressecamento da pele e dores nos ossos já fraturados. Abaixo veja dicas de especialistas para evitar ficar doente ou tratar cada um destes problemas.

No caso da gripe, por exemplo, é comum que ela ocorra mais de uma vez durante o inverno. Isso, segundo o infectologista Renato Grinbaum, da Beneficência Portuguesa de São Paulo, é resultado de contato com indivíduos que têm o vírus. Portanto, uma das formas de se prevenir, já que nem sempre é possível ficar longe de pessoas gripadas, é tomar a vacina contra a gripe.

- Todas as pessoas devem tomar a vacina contra a gripe, mas principalmente grávidas, idosos e pessoas com doenças de base como doenças de rim, pulmão e coração.

Outra maneira de evitar a gripe é lavar sempre as mãos e evitar levá-las ao nariz e à boca quando estiverem em lugares com grandes aglomerações, orienta o infectologista.

Outra questão é que durante o inverno ocorre a inversão térmica, aumentando o número de poluentes no ar, que favorece crises de renite e asma.

Pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, que diminui a capacidade respiratória, também apresentam pioras nesses dias, geralmente mais secos.

Para os dias de umidade mais baixa, inferior a 40%, a dica é tomar muita água, usar um umidificador de ar e usar soro fisiológico na região dos olhos e do nariz, segundo o pneumologista Ciro Kirchenchtejn, de São Paulo. Também é bom evitar fazer exercícios em ambientes abertos, onde o corpo libera mais água.

Outro alerta do especialista é a manutenção periódica do ar-condicionado já que o aparelho acumula poeira, bactérias e fungos.

- É aconselhável fazer uma manutenção periodicamente, tanto no ar-condicionado do carro quanto de ambientes, pois ele pode ser a causa de problemas respiratórios, como a renite.

Cuidados com a pele e com as articulações

Durante o inverno a pele tem uma tendência a ficar mais ressecada por causa da baixa umidade do ar. Para evitar que ela perca a umidade de sua superfície é recomendado usar água morna e fazer banhos menos demorados. O dermatologista Leonardo Abrucio Neto recomenda o uso de sabonetes de glicerina ou infantis, que são menos agressivos à pele, além de manter o uso do protetor solar no inverno.

- Mesmo com o frio é preciso tomar cuidados com os raios solares, o uso do protetor nos passeios a céu aberto é indispensável.

Com a mudança de temperatura, principalmente nos dias mais frios, as pessoas podem sentir dores em ossos onde já sofreram alguma fratura. Isso ocorre, de acordo com o ortopedista Alberto Croci, porque existe uma alteração na pressão atmosférica quando o clima muda.

Quando o osso quebra, ele sofre uma remodelação óssea, onde ocorre um processo inflamatório que pode durar de um a quatro anos, dependendo da fratura. Quando há alteração na pressão atmosférica, há aumento do fluxo sanguíneo nessa região, causando dor, explica o ortopedista.

- Para abrandar essas dores a pessoa pode fazer uso de um analgésico comum, gelo de duas a três vezes ao dia, por no máximo 15 minutos, nos joelhos e cotovelos, e usar calor local se tiver algum espasmo muscular para relaxamento do músculo.
 

Fonte: R7
Autor: Portal R7

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700