Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Goiânia vai contratar mais farmacêuticos para os NASFs. CFF irá qualificá-los

Data: 27/05/2008

 

O Presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Jaldo de Souza Santos, e o Prefeito de Goiânia, Iris Rezende, reuniram-se, hoje pela manhã, na capital goiana. O tema do encontro foi a contratação pela Prefeitura de mais farmacêuticos para atuar nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs). Participaram da reunião os farmacêuticos Radif Domingos, Coordenador do Cebrim (Centro Brasileiro de Informações sobre Medicamentos); Lorena Baía, Chefe da Divisão de Medicamentos da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia e integrante da Comissão de Saúde Pública do CFF; e Mirtes Bezerra, Diretora da Vigilância Sanitária do Município de Goiânia e membro da Comissão de Farmácia do Conselho Federal. 
 
Dr. Jaldo foi à reunião, para solicitar ao Prefeito Iris Rezende que contrate farmacêuticos para atuar nos 20 NASFs que serão implantados pelo Município. Ele voltou a argumentar que os benefícios gerados pelos serviços farmacêuticos são significativos. "Os serviços prestados pelos farmacêuticos que foram inseridos no serviço público geraram uma expressiva economia ao Município de Goiânia", lembrou Souza Santos. Iris Rezende, que já havia manifestado ao Presidente do CFF sensibilidade para com a causa farmacêutica, comprometeu-se a atender integralmente ao seu pedido.
 
QUALIFICAÇÃO - Souza Santos propôs a Iris Rezende uma parceria, segundo a qual os farmacêuticos que irão atuar nos NASFs, em Goiânia, sejam treinados pela Prefeitura e CFF. O Conselho oferecerá o curso "O Exercício Profissional Diante dos Desafios da Farmácia Comunitária", realizado pelo Cebrim (Centro Brasileiro de Informações Sobre Medicamentos), órgão do CFF. O curso é coordenado pelo farmacêutico Radif Domingos.
 
O ingresso de farmacêuticos nos NASFs é uma situação nova para os profissionais. Ali, eles irão atuar permanentemente em equipes multiprofissionais e lidar diretamente com o paciente. "Eles precisam ser muito bem qualificados", completou o Presidente do Conselho Federal de Farmácia.
 
NOVA CONSCIÊNCIA - Recentemente, a Prefeitura de Goiânia contratou, por concurso, 40 farmacêuticos. Em Manaus, a Prefeitura também abriu vagas para farmacêuticos (foram 200, de uma só vez). Secretários de Saúde de Municípios de todo o País têm informado que estão implantando os seus Núcleos de Apoio à Saúde da Família e contratando farmacêuticos para atuar nessas unidades. Souza Santos faz uma leitura otimista deste momento: "É muito grande o número de contratações de farmacêuticos, em todo o País, de um momento para o outro. Isso não é uma coincidência, mas, sim, a tradução de uma nova consciência por parte dos gestores públicos. Eles estão sensibilizados para as vantagens de inserir os farmacêuticos no serviço público", concluiu.

Fonte: CFF
Autor: Aloísio Brandão

Fotos Relacionadas

Vídeos

Vídeo
Medicamento é coisa séria. Automedicação é um risco.










Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Logomarca Gedoor

Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHCGN-CR 712/713 Bloco "G" Loja 30 / Brasília - DF - Brasil - CEP: 70760-670

Fone: (61) 2106-6552 - Fax: (61) 3349-6553