Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Médico Victor Sorrentino faz palestra magna na abertura do Congresso Mundial

Data: 09/11/2016

O médico Victor Sorrentino, autor do livro “Os segredos de uma vida longa”, foi o convidado de honra do XII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa. Ele proferiu a palestra magna de abertura do evento sobre o mesmo tema do livro, que lançou há dois anos. A solenidade aconteceu nesta terça-feira, dia 8 de novembro, das 10 às 12 horas, no auditório Van Gogh, do Centro de Eventos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), em Gramado (RS).

Victor iniciou a apresentação com um questionamento: as estimativas mostram que as pessoas estão vivendo mais, mas a que custo e com que qualidade? Para ele, o que se faz dessa equação ‘quantidade x qualidade’ é o segredo de uma vida longa. “Hoje em dia a gente sabe que o meio ambiente e o estilo de vida correspondem a 60% da vida longa, a gerontologia, 15%”.

Para ele, o estilo de vida depende do que se entende por viver bem. Ele considera que a qualidade de vida depende de quatro pilares: gestão do estresse; alimentação; atividade física; e gerenciamento hormonal. A deficiência de vitamina D, segundo o médico, é responsável por 15 tipos de câncer. Já o excesso de peso aumenta o risco de dez tipos de câncer. “A gordura é extremamente inflamatória ao nosso corpo”.

O médico apresentou uma série de estudos que demonstram que os agrotóxicos são causadores de câncer. E, de acordo com ele, dos 50 agrotóxicos utilizados no Brasil, 15 são proibidos na Europa. “Se analisarmos as mudanças alimentares dos nossos ancestrais para nós, nosso cardápio mudou completamente. Mesmo comendo vegetais orgânicos, e não os cultivados com agrotóxicos, eu estarei comendo menos nutrientes hoje, porque eles foram modificados com o tempo”.

De acordo com Victor, a primeira e mais eficiente forma de desintoxicar o organismo humano é fornecendo, em abundancia, o nutriente mais importante para o corpo, a água. “Nós somos verdadeiros aquários ambulantes. Ou tomamos muita água, e de boa qualidade, ou nossas células serão adoecidas”. Reforçando que água não é refrigerante, nem mesmo suco, pois os estudos mostram que os refrigerantes matam 184 mil pessoas no mundo por ano.

Sobre os hormônios, Victor lembrou um esteroide que acaba de ter liberada à manipulação em território brasileiro, a melatonina. Para ele, a falta de melatonina causa obesidade, diabetes e até câncer de mama. Ele explicou que após a menopausa aumentam os riscos de doenças cardíacas, vasculares e da osteoporose. E a causa de tudo isso é a baixa do estrogênio nos vasos sanguíneos e nos ossos das mulheres. “Fica muito mais difícil emagrecer depois da menopausa, o que mostra a importância dos hormônios para o emagrecimento saudável”.

De acordo com Victor, a medicina é a arte das evidências, mas apenas 30% do que a classe médica faz é baseado em evidências. “Hoje sabemos que os telômeros curtos são responsáveis por problemas cardíacos Os suplementos e sais minerais aumentam o cumprimento dos telômeros”, demonstrando uma total defesa dos nutracêuticos.

Na sequência Victor explicou como devem ser interpretados os exames laboratoriais. Para ele, os índices são indicativos, mas não são verdades absolutas sobre a condição de saúde dos pacientes. É preciso, além de saber interpretá-los, considerar vários fatores externos de estilo de vida e biótipo do paciente. A interpretação correta é um passo fundamental para começar a ajudar as pessoas a viverem melhor, pois, para Victor: “de nada adianta sabermos tudo sobre saúde se não quisermos ajudar as pessoas”.

Fonte: Comunicação do CFF
Autor: Murilo Caldas

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700