Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Professor Tarcísio José Palhano é empossado membro da ANF

Data: 15/09/2016

O professor Tarcísio José Palhano, assessor da Presidência do Conselho Federal de Farmácia (CFF), foi empossado na noite desta quarta-feira, dia 14 de setembro, membro da Academia Nacional de Farmácia/Academia Brasileira de Ciências Farmacêuticas (ANF/ABCF). Indicado pelo acadêmico, Professor José Jeová Freitas Marques, ele ocupará a cadeira de número 54, da Seção de Ciências Naturais, que tem como patrono o Dr. Joaquim de Almeida Pinto. Ele habilitou-se ao posto de membro titular da ANF com a apresentação do livro Guia Básico para Farmácia Hospitalar, do qual é coautor. A solenidade de posse aconteceu na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte, onde o professor Tarcísio José Palhano reside e onde fundou o primeiro serviço de Farmácia Clínica do Brasil. Foi marcada pela simplicidade característica do homenageado, e emocionou a todos os presentes.

Realizado no Praiamar Hotel, onde está acontecendo até sábado, 17 de setembro, o II Encontro Nacional de Educadores em Farmácia Clínica, o ato foi prestigiado por farmacêuticos, estudantes de Farmácia e por profissionais de todas as áreas da saúde: médicos, enfermeiros, educadores físicos, nutricionistas e outros. Foi uma plateia multidisciplinar, como foram as equipes em que o professor Tarcísio José Palhano atuou durante toda a sua vida, o que ele fez questão de ressaltar em vários momentos de seu discurso. Inclusive quando mencionou sua família, que ele classificou, também, como uma equipe multidisciplinar, referindo-se ao fato de a mulher ser farmacêutica; uma das filhas, médica; a outra, nutricionista; e o filho, geólogo.

A mesa da solenidade foi formada por Lauro Domingos Moreto, presidente da ANF/ABCF); Walter da Silva Jorge João, presidente do CFF; José Diniz, vice-reitor da UFRN; Dom Francisco Candé Palhano, bispo da Diocese de Bonfim (BA); e Fábio Dantas, vice-governador do estado do Rio Grande do Norte. O mestre de cerimônia foi o diretor cultural da ANF/ABCF, Gustavo Baptista Éboli. Discursou em nome dos acadêmicos, João Paulo Vieira, que destacou a extensa e profícua carreira do homenageado, reconhecida por meio de, nada menos que 44 distinções, entre prêmios e títulos. “Essas homenagens configuram uma explícita demonstração de sua elevada extirpe como profissional farmacêutico”, destacou.

O presidente do CFF, Walter Jorge João, ressaltou o privilégio de compartilhar com o professor Tarcísio José Palhano a justa e merecidíssima homenagem da ANF/ABCF. “A sua admissão como membro titular da academia representa o reconhecimento por sua brilhante carreira e destaca o importantíssimo trabalho que ele já realizou e que certamente ainda irá realizar em favor da Farmácia Brasileira”, comentou Walter Jorge João, que também é membro da Academia, ocupando a cadeira de número 74, que tem como patrono Domingos de Souza Barros.

Em nome da família, discursou a filha do acadêmico empossado, Patrícia Palhano, que é médica. Ela lembrou que – apesar de sua dedicação imensurável à profissão tê-lo afastado da família em muitos momentos de lazer e descanso, quando ele sempre estava de plantão –, o pai foi muito presente na vida dos filhos. “Ele é o nosso modelo, o nosso exemplo de retidão, caráter, ética, integridade, princípios, dedicação, inteligência, lealdade, competência, doação, generosidade, amor, fé e cuidado com o próximo”, disse com a voz embargada, que a obrigou a pausar várias vezes a sua fala.

Em seu discurso, o professor Tarcísio José Palhano fez uma retrospectiva de sua atuação pioneira, quando em 1977 recebeu o grande desafio de implantar o primeiro serviço na área de farmácia hospitalar e clínica e o primeiro Centro de Informação sobre Medicamentos do Brasil, no Hospital Universitário Onofre Lopes, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ele lembrou ainda do tempo de estudante, e de quando buscou se especializar na área para dar início aos rumos da Farmácia Clínica no Brasil e também em outros 15 países. “É com muito orgulho e gratidão aos colegas do meu estado que recebo e a quem ofereço essa homenagem, essa conquista”, agradeceu o professor.

Tarcísio José Palhano é farmacêutico graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e professor aposentado do curso de Farmácia da mesma universidade. Especialista em Farmácia Clínica pela Universidade do Chile, implantou o primeiro serviço de Farmácia Clínica e o primeiro Centro de Informação sobre Medicamentos do Brasil, no Hospital Universitário Onofre Lopes, em Natal. Foi pioneiro ao iniciar o movimento de Formação Prática de Farmacêuticos Hospitalares em conjunto com o Ministério da Saúde. Foi consultor de Saúde em várias instituições do Brasil e integrou importantes comissões nacionais na área farmacêutica. É coautor de várias publicações do Conselho Federal de Farmácia, Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana da Saúde sobre Farmácia Hospitalar e Farmácia Clínica. É assessor da Presidência do CFF e coordenador técnico-científico do Centro Brasileiro de Informação Sobre Medicamentos do CFF (Cebrim). É representante do Brasil no Grupo Consultivo do Programa Internacional de Serviços do Conselho de Acreditação para Educação Farmacêutica, com sede em Chicago - EUA.
 

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700