Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Protocolo de Atendimento Farmacêutico regula prescrição em Ponta Grossa (PR)

Data: 29/08/2016

Com base na Resolução nº 586 do Conselho Federal de Farmácia (CFF), de 29 de agosto de 2013, que dá a prerrogativa para o farmacêutico prescrever medicamentos de venda livre, a Secretaria Municipal de Saúde de Ponta Grossa (PR), elaborou uma portaria institucionalizando o ato da prescrição farmacêutica. "Assim, o município passa a oferecer mais essa opção de atendimento, visando ampliar o acesso dos usuários a uma terapêutica qualificada", informa Maria Aparecida da Costa Silva, coordenadora de Assistência Farmacêutica de Ponta Grossa.

Maria Aparecida diz que entre cidades de mesmo porte a iniciativa de estabelecer protocolos farmacêuticos para projetos terapêuticos individuais e coletivos é uma das pioneiras no País. E a ideia surgiu dos próprios farmacêuticos diante da necessidade. "Eles elaboraram protocolos que foram para discussão e aprovação do núcleo de educação a pesquisa, e também, da parte médica da Secretaria Municipal de Saúde de Ponta Grossa".

A Resolução municipal determinou a implantação de Protocolo de Atendimento Farmacêutico para o tratamento de doenças como a escabiose, pediculose e desidratação. A partir de agora, após o acolhimento e/ou referenciado por outro profissional da estratégia saúde da família, o farmacêutico realizará a consulta farmacêutica, seguindo o fluxograma de cada protocolo.

Os Farmacêuticos iniciaram seu trabalho nas equipes de saúde da família 2001, quando Dr. Valmir de Santi (vice presidente do CFF) era responsável pela Atenção Básica do município e implantou o chamado à época PSF, com um farmacêutico para cada três equipes de PSF. O tempo passou e os farmacêuticos consolidaram seu trabalho e hoje assumem um papel a mais em sua rotina de trabalho,o que muito gratifica a profissão e garante maior assistência aos pacientes. Esperamos que o número de colegas aumente e possa abranger todos as UBS e que avancem dia a dia seu trabalho até a implantação total da farmácia clínica no município.

A coordenadora de Assistência Farmacêutica lembra que, historicamente, o farmacêutico tem uma afinidade com a comunidade, estabelecendo vínculos que garantem maior adesão, por ser, muitas vezes, o primeiro a conversar com o paciente e o último a orientar. Desta forma, a consulta farmacêutica vem para fortalecer, ampliar e implementar a lógica das redes de atenção a saúde atuando de maneira multiprofissional e interdisciplinar na gestão da clínica ampliada. "Em nossa cidade, o farmacêutico dentro da comunidade, tem um histórico de acreditação com a população que é muito forte, tendo em vista que grandes profissionais nomeiam unidades de saúde do município", finaliza.

Atualmente, Ponta Grossa dispõe de nove profissionais farmacêuticos dentro da Estratégia Saúde da Família, e mais quatro no NASF.

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700