Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Dengue, chikungunya e zika

Novo ministro quer multa para casa com foco de Aedes

Data: 13/05/2016

Escolhido pelo presidente interino Michel Temer (PMDB) para o Ministério da Saúde, Ricardo Barros (PPPR) defendeu “multas severas” nos municípios para quem mantiver focos do mosquito Aedes aegypti em casa.
“A população brasileira precisa nos ajudar. Especialmente os prefeitos, aplicando multas severas aos cidadãos que têm foco de dengue em suas propriedades”, disse, após cerimônia de posse.

Indicado pelo PP como forma de garantir o apoio da legenda ao impeachment de Dilma Rousseff (PT), Barros evitou comentar a possibilidade de um novo imposto para financiar a saúde, medida defendida pelos titulares anteriores da pasta.

“Isso é com a área econômica.” Ele pregou “melhoria da gestão” na área e disse que incentivará a participação de brasileiros no Mais Médicos.

Formado em engenharia civil, Barros foi prefeito de Maringá (PR) e deputado federal, cargo que exerceu por cinco legislaturas.

Na Câmara, votou contra o processo de cassação de Eduardo Cunha (PMDB),presidente da Casa afastado.

Recentemente, disse que iria propor uma emenda à Constituição para acabar com as vinculações orçamentárias —medidas que impedem o governo de gastar verbas de saúde e educação de outra forma.
Indagado sobre sua falta de experiência na área da saúde, disse apenas que“o resultado será maravilhoso”.

Fonte: Folha de S.Paulo

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700