Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

Mercado Aberto: Número de cirurgias plásticas pagas por plano mais que dobra em 5 anos

Data: 19/02/2016

As operações plásticas no país custeadas por convênios médicos passaram de 87,2 mil, em 2009, para 189,4, em 2014 —um aumento 117% em cinco anos, segundo dados da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica). É a primeira vez que esses procedimentos crescem mais que os particulares, que subiram 91% nesse período, de 397,2 mil para 757,7 mil.

Um dos principais motivos para a maior participação dos planos médicos, de acordo com a entidade, é a popularização das plásticas reparadoras, feitas para corrigir marcas deixadas por acidentes e doenças, como o câncer. Atualmente, há cerca de 600 mil novos casos de câncer ao ano, pelos dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer),e alguns tratamentos envolvem métodos invasivos. “Quase todas as operações por convênio são reparadoras. O paciente está mais consciente e, em muitos casos, é orientado pelo oncologista”, diz Luis Henrique Ishida, presidente regional da SBCP.

Em muitos casos,o tratamento do plano já prevê a operação reparadora. “Como o convênio não pode negar esse procedimento ao contratante, os tratamentos para reparação,que eram 27% das cirurgias plásticas em todo o país em 2009, passaram para 40% em 2014.” Somadas, as intervenções por plano e as de pacientes particulares cresceram 95,5%. "No futuro, a tendência é que os procedimentos não estéticos aumentem ainda mais.A repercussão que eles têm na qualidade de vida do paciente faz com que mais médicos os indiquem.”

Fonte: Folha de S.Paulo
Autor: Maria Cristina Frias

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700