Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Intelectuais conferem prêmio ao Presidente do CFF

Data: 11/12/2009

Há 34 anos, a União Brasileira de Escritores (UBE), Seção de Goiás, confere o Troféu Tiokô a personalidades culturais do Estado. Ontem (11.12.09), o Auditório do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás ficou pequeno para receber as centenas de intelectuais e convidados que foram assistir à solenidade de premiação da edição de 2009. A novidade, neste ano, foi a criação da modalidade “publicações técnico-científicas”. E o ganhador foi o Presidente do Conselho Federal de Farmácia, Jaldo de Souza Santos, pelos livros e artigos que publicou nos jornais “O Popular”, “Diário da Manhã” e outros, no interior do Estado, tratando de assuntos de saúde, especialmente sobre questões farmacêuticas, como os serviços prestados pelos profissionais. Os textos trazem, sempre, um sentido de utilidade pública e de responsabilidade social.

Singela e profunda, a solenidade da mais importante premiação cultural goiana que, ontem, chegou à sua edição de numero 34, foi também um encontro dos artistas de todas as artes (literatura, música, cinema, artes plásticas, artesanato) e daqueles que se dedicam à promoção da cultura, no Estado.

Começou com o integrante da UBE/GO, Ubirajara (Bira) Galli, fazendo um brevíssimo pronunciamento em que destacou a importância da entidade para a cultural goiana e do Troféu Tiokô. Bira foi o responsável por apresentar o nome de Jaldo de Souza Santos aos seus confrades, membros do Conselho Consultivo, de colocá-lo em votação para receber a honraria.

TROFÉU TIOKÔ – A Seção de Goiás da União Brasileira de Escritores foi fundada, ao final da ditadura Vargas, mais precisamente em 1945. A partir de 1975, a UBE-GO passou a conceder o Troféu Tiokô aos talentos da produção cultural do Estado. A premiação surgiu, quando era Presidente da instituição o jornalista e escritor Jaime Câmara (1974-1976), responsável, também, por empreender uma revolução na comunicação, em Goiás. O Troféu Tiokô foi esculpido pela artista plástica Dina Cognoli. Italiana, escolheu Goiás para morar e dar evasão a sua arte.

RECONHECIMENTO, EM CASA – O Presidente do CFF disse que, quando chegou, em Goiânia, há mais de 50 anos, jamais poderia imaginar que, um dia, viveria um momento como o de ontem. “Eu recebi homenagens, no mundo inteiro. Agora, é a minha casa (Goiás) que está me homenageando. São os meus amigos queridos que me conferem um prêmio. Quando a gente recebe uma honraria dos amigos, ela é muito mais importante, porque os amigos são exigentes. Confesso que senti um friozinho de emoção, quando foi anunciado o meu nome para subir ao palco e receber o Troféu Tiokô”, confessou Souza Santos.

Ele citou a sua luta, sem trégua, travada, há mais de 50 anos, em favor de uma farmácia que seja verdadeiramente um estabelecimento de saúde, onde o farmacêutico esteja presente para servir bem à sociedade. “Eu já vivi tanta coisa nestas minhas lutas. E acho que é útil transferir todas estas experiências para os meus colegas farmacêuticos e para a sociedade, publicando tudo. E receber o reconhecimento dos intelectuais do meu estado por este trabalho é muito dignificante”, disse o Presidente do CFF. Ao final do seu pronunciamento, ele ofereceu o Tiokô aos farmacêuticos brasileiros. Souza Santos recebeu o prêmio das mãos do próprio escritor Bira Galli, que é, também, autor de uma biografia do Presidente do CFF publicada em livro.

 

Fonte: CFF
Autor: Pelo Jornalista Aloísio Brandão, Assessor de Imprensa do CFF

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700