Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Novas diretrizes curriculares devem ser homologadas em junho

Data: 17/09/2015

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) teve um dia inteiro dedicado à educação farmacêutica nesta quarta-feira, dia 16 de setembro. Pela manhã, o presidente do CFF, Walter Jorge João, assinou termo de cooperação com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) - clique aqui. À tarde, recebeu a visita do professor Luiz Roberto Liza Curi, conselheiro do Conselho Nacional de Educação (CNE). Antes de conhecer a nova sede do conselho, inaugurada em março, ele participou de uma reunião em que foram discutidos detalhes da parceria do CFF e CNE para a revisão das Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia (DCNs).

Luiz Curi anunciou que a comissão responsável por este trabalho, que ele coordenará, deve ser nomeada nas próximas semanas. E pediu ao presidente do CFF, Walter Jorge, que indique dois representantes, um da área profissional e outro da academia, para acompanhar as reuniões que deverão ser realizadas pelo grupo para as discussões. “Espero relatar as novas DCNs em maio e homologá-las em junho”, anunciou.

Conforme garantiu o conselheiro, a comissão do CNE se pautará pelo documento elaborado a partir dos debates realizados em eventos promovidos pelo CFF e pela Associação Brasileira de Educação Farmacêutica (Abef) durante todo este ano. Primeiro foram organizados os fóruns estaduais de educação farmacêutica; depois, o I Encontro Nacional de Educadores em Farmácia Clínica, na cidade de Gramado, entre 14 e 15 de maio, e por último, o I Fórum Nacional de Discussão sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia e o Congresso Brasileiro de Educação Farmacêutica (Cobef), que ocorreram simultaneamente, entre 10 a 12 de junho, em Salvador.

O presidente do CFF destacou o processo democrático por meio do qual foram construídas as propostas, posteriormente reunidas em um único documento. Elaborado por representantes da Abef e integrantes de duas comissões do CFF – Comissão de Ensino Farmacêutico (Comensino) e Comissão Assessora de Educação Farmacêutica (Caef), o consolidado foi remetido aos estados, para a avaliação dos docentes e discentes dos cursos de graduação em Farmácia, profissionais farmacêuticos e sociedade em geral. Essa avaliação está ocorrendo na segunda etapa dos fóruns estaduais de educação farmacêutica, neste mês de setembro.

Após esta série de eventos, as sugestões serão novamente condensadas pela Comensino, Caef e Abef e, nos dias 22 e 23 de outubro, a versão final será submetida ao 2º Fórum Nacional para Discussão das DCNs. O evento será realizado em Brasília e reunirá cerca de 200 delegados retirados dos fóruns regionais.

Luiz Curi comprometeu-se a agendar a primeira reunião da comissão para data posterior. Na oportunidade, o CFF apresentará o documento aprovado no fórum nacional. A partir desta primeira reunião, o trabalho será acompanhado pelos dois representantes indicados pelo CFF e pela Abef – que reivindicou essa participação por meio de seu diretor, Paulo Arrais.

Durante a reunião com Luiz Curi, a professora Zilamar Costa Fernandes, entregou ao conselheiro um relatório com o panorama atualizado dos cursos de graduação em Farmácia no Brasil, que demonstra a evolução dos mesmos de 2009 até agora. Segundo o documento, atualmente existem 492 cursos de Farmácia no Brasil, 42 deles, abertos no período de 2009 a 2014. “Um aumento considerável, o que demonstra o quanto precisamos nos preocupar”, disse Luiz Curi.

O conselheiro nacional de Educação elogiou a gestão do CFF pela forma como o Conselho tem conduzido as discussões sobre a educação farmacêutica e o poder de mobilização da entidade (veja a entrevista a seguir). “Temos procurado promover o debate de forma democrática, com isenção, deixando que os educadores e especialistas na área apresentem suas propostas”, disse o presidente do CFF, Walter Jorge João.

Estiveram presentes à reunião, os quatro membros da Diretoria do CFF – Walter Jorge João, presidente; Valmir de Santi, vice-presidente; José Vílmore Silva Lopes Júnior, secretário-geral; e João Samuel Meira, tesoureiro –, os assessores da Presidência do Conselho, professor Tarcísio Palhano e Zilamar Costa Fernandes, a chefe de gabinete Gláucia Costa, e o diretor da Abef, Paulo Arrais.

ENTREVISTA/Luiz Roberto Liza Curi, conselheiro do Conselho Nacional de Educação (CNE)

Durante sua visita a sede do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Luiz Roberto Liz Curi concedeu entrevista ao site da entidade. Ele falou sobre políticas educacionais para os cursos de graduação na área da saúde e sobre a importância da interlocução entre o CNE e os conselhos profissionais. Também fez uma avaliação sobre a atual política de educação superior no Brasil e elogiou a atuação do Conselho Federal de Farmácia na área da Educação Farmacêutica. Para ler a entrevista, clique aqui.

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700