Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

O avanço da capacitação em farmácia hospitalar

Data: 07/08/2015

“Os farmacêuticos brasileiros têm se esforçado, quase dentro dos seus limites, por meio da qualificação profissional, para responder às exigências do mercado e da sociedade”. A declaração, do Presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter Jorge João, e reforçada pelo Diretor Tesoureiro do órgão, João Samuel de Morais Meira, foi feita, durante discursos que proferiram na solenidade de abertura do Curso de Capacitação em Farmácia Hospitalar, realizado, em João Pessoa (PB), no sábado, dia 31 de julho. O curso é uma realização do CFF, por meio de seu Grupo de Trabalho sobre Farmácia Hospitalar, em parceria com o Conselho Regional de Farmácia da Paraíba (CRF-PB).

Dr. Walter Jorge ressaltou a abrangência do curso. Além de João Pessoa, ele é realizado simultaneamente em Boa Vista e Macapá, e já foi feito, em outras capitais (Belém, Fortaleza, Maceió, Manaus, Vitória e Teresina). Lembrou que, além de capacitar os profissionais, ele representa uma oportunidade para se alinhar as práticas em farmácia hospitalar, nas diferentes regiões do País. O Presidente adiantou que o CFF não medirá esforços para fomentar a qualificação dos farmacêuticos em todas as suas áreas de atuação.

“O Brasil cresceu de tal forma, e as demandas em saúde expandiram-se tão enormemente, que a sociedade e o mercado não aceitam mais um farmacêutico que não esteja muito bem capacitado”, observou Walter Jorge. Segundo ele, o crescimento do País é proporcional às exigência feitas ao farmacêutico.

CONTROLE, SEGURANÇA E CAPACITAÇÃO - Dr. Samuel Meira, por sua vez, falou da qualificação, no setor hospitalar: “Tanto os hospitais, que são submetidos permanentemente a novos e rigorosos padrões, a protocolos e normas, como os farmacêuticos hospitalares, vêm buscando respectivamente o controle e a segurança, e a capacitação. O CFF não só fomenta, como monitora o desenvolvimento da qualificação profissional. É impressionante o tanto que ela cresce”, explica o Diretor Tesoureiro do Conselho Federal.

Os desafios que pesam sobre os farmacêuticos hospitalares estão centralizados em todas as fases envolvendo o medicamento. “Mas o farmacêutico é chamado a atuar, também, nas Comissões de Controle de Infecção Hospitalar, nos Núcleos de Segurança do Paciente, no planejamento estratégico integrado à gestão e tem, ainda, que harmonizar a qualidade técnica dos produtos com a assistência aos pacientes e com a redução de custos”, ressaltou Dr. Samuel Meira.

O Presidente e o Diretor Tesoureiro lembraram em seus discursos o impacto que a regulamentação da prescrição farmacêutica, por meio da Resolução do CFF, de número 586, de 29 de agosto de 2013, na busca pela qualificação profissional na área clínica. Disseram que os farmacêuticos estão tendo a sua autoridade técnica reforçada com a norma, o que faz com que se sintam mais motivados, ainda, a buscar a capacitação em farmácia clínica para atuar nas farmácias comunitárias e hospitalares. “O farmacêutico está, não só autorizado, mas cobrado a realizar a prescrição, que é um ato de grande alcance social e em saúde”, declararam.

O Curso de Capacitação em Farmácia Hospitalar é resultado de uma em parceria entre o CFF e o Conselho Regional de Farmácia da Paraíba (CRF-PB). O seu primeiro módulo começou, no dia 31 de julho, e foi conduzido por Dr. Josué Schostack, Conselheiro Federal de Farmácia pelo Rio Grande do Sul e um dos expoentes em farmácia hospitalar, no Brasil. O curso reunirá um total de seis módulos. Os profissionais que concluírem a capacitação receberão certificados.
 


Autor: Pelo jornalista Aloísio Brandão, assessor de imprensa do CFF

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700