Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Cresce fiscalização, aumenta qualidade da assistência farmacêutica, e CFF investe mais na qualificação dos fiscais

Data: 11/08/2009

Em 75% das inspeções realizadas por fiscais dos Conselhos Regionais de Farmácia dos 11 Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, havia a presença de farmacêuticos, nos estabelecimentos. A informação foi prestada, nesta terça-feira (11.08.09) à tarde, pelo Presidente da Comissão de Fiscalização (Cofisc) do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Ronaldo Pereira Filho, Conselheiro Federal de Farmácia pelo Maranhão. Amanhã, encerra-se o “Encontro Centro-Oeste/Sudeste/Sul de Fiscalização”, realizado pelo CFF, no Rio de Janeiro, com o apoio do CRF-RJ.

A fiscalização farmacêutica, no Brasil, vive uma fase positiva, e isto é mensurado em todas as avaliações realizadas pelo CFF, sob todos os pontos de vista. Os 11 Estados do Centro-Oeste, Sudeste e Sul representam 82% do número de farmacêuticos do Brasil, o que corresponde a 104.874 (números de abril de 2009 do CFF). O País possui 127.948 farmacêuticos. Nas três regiões, a fiscalização captou a presença de farmacêuticos em 75% dos estabelecimentos (farmácias e drogarias, indústria, laboratórios de análises clínicas etc.). As farmácias e drogarias correspondem a 70% do número de estabelecimentos farmacêuticos.

O assunto está sendo abordado, no Encontro realizado, no Rio, cujo tema é “Orientar para fiscalizar com qualidade”. A resposta imediata do crescimento da fiscalização é a expansão da assistência farmacêutica, no País, fruto, também, da busca dos farmacêuticos pela qualificação. A assistência cresceu 22%, no ano de 2008, revelando principalmente a qualidade da assistência prestada pelos farmacêuticos, nas farmácias e drogarias.

Segundo o Presidente da Cofisc/CFF, Ronaldo Pereira, a assistência farmacêutica captada pela fiscalização, em todo o País, “é mais qualificada, exercida por profissionais que têm buscado novos conhecimentos técnicos e científicos”. A performance qualitativa desse serviço é fruto do aumento da fiscalização, e principalmente da mudança do paradigma no setor, graças a uma política instituída pelo CFF e exercida pelos Conselhos Regionais, cuja tônica é a realização de uma fiscalização que também promova a orientação do profissional fiscalizado.

“A fiscalização está avaliando a qualidade dos serviços, nos estabelecimentos. A questão da presença física do profissional é uma etapa já superada”, salienta Ronaldo Pereira. Acrescenta que a sociedade está ganhando com o crescimento da assistência farmacêutica, e a imagem do farmacêutico, por sua vez, tem melhorado junto à sociedade.

QUALIFICAÇÃO DOS FISCAIS – O Presidente do CFF, Jaldo de Souza Santos, no pronunciamento que fez, na abertura do “Encontro de Centro-Oeste/Sudeste/Sul de Fiscalização”, ontem, no Rio, declarou que, apesar dos bons resultados registrados na fiscalização, é preciso se investir mais ainda na qualificação dos fiscais, em todo o País, para que eles acompanhem com desenvoltura técnico-científica as profundas transformações que vêm ocorrendo na profissão farmacêutica. “Hoje, o farmacêutico pode atuar em 75 diferentes atividades, todas elas regulamentadas pelo Conselho Federal de Farmácia. Não há como fiscalizar tantas atividades, se não for com qualificação, com conhecimento”, reforça Souza Santos.

A mesa de trabalhos da abertura do evento reuniu as seguintes autoridades farmacêuticas: o Presidente e o Vice-Presidente do CFF, Jaldo de Souza Santos e Amilson Álvares; a Conselheira Federal de Farmácia pelo Rio, Maria Cristina Ferreira Rodrigues; o Presidente do CRF-RJ, Paulo Oracy da Rocha Azeredo; e o Presidente da Cofisc e Conselheiro Federal pelo Maranhão, Ronaldo Pereira Filho.

Pelo jornalista Aloísio Brandão, Assessor de Imprensa do CFF.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do CFF
Autor: Aloísio Brandão

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700