Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

MENSAGEM DE ANO NOVO DO PRESIDENTE DO CFF

Data: 06/01/2015

Caros farmacêuticos,

Estamos retornando do recesso de fim de ano, trazendo no coração a convicção de que as lutas que travamos, nos dois últimos anos, mostraram-nos novos caminhos e aplainaram outros já conhecidos, edificaram pontes e romperam fronteiras. Foram batalhas renhidas que fomos obrigados a enfrentar, com vistas a defender e a fortalecer a profissão farmacêutica.

Uma das contendas foi pela aprovação, pelo Senado, da Lei nº 13.021/14, que muda o conceito de farmácia, no Brasil, transformando-a em unidade de prestação de assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva, e assegura a atuação do farmacêutico nesses estabelecimentos. Conseguimos a vitória. Outra lide, como vocês se lembram, foi centralizada na Medida Provisória (MP) nº 653/14. A MP inviabilizaria a aplicabilidade da Lei 13.021/14. Mas desenvolvemos uma ação bem coordenada pelo Fórum Nacional de Luta Pela Valorização da Profissão Farmacêutica, e o resultado foi a não votação da MP, por decurso de prazo. Ou seja, a Medida Provisória caducou.

As lutas tiveram o dom de nos fortalecer e de nos trazer uma visão mais profunda daquilo por que batalhamos. Lutar e lutar, sempre, porque é lutando que nos aperfeiçoamos. Lembro estas palavras de Santo Agostinho: "Enquanto houver vontade de lutar, haverá esperança de vencer".

Nós vimos de vitórias completas e parciais, e estamos inteiramente encorajados para novas batalhas, porque o arsenal de armas que reunimos nos enfrentamentos é insuperável, pois saiu da força da união. Foi a união que pôs, na mesma frequência, o Conselho Federal de Farmácia e todas as demais entidades profissionais reunidas no Fórum Nacional de Luta Pela Valorização da Profissão Farmacêutica.

Não fosse a união, estaríamos enfraquecidos, ao gosto dos nossos opositores. A união é fruto de um processo inédito e construído, ao longo dos últimos quatro anos. Ela constitui um patrimônio valoroso e uma fortificação indestrutível para os farmacêuticos, posto que está fazendo fluir as lutas, a conquista de vitórias e nos dando uma feição nova. É o mesmo Santo Agostinho quem fala da união: “Necessitamos um do outro, para sermos nós mesmos”.

Portanto, meus caros, neste ano que se inicia, sejamos mais farmacêuticos que nunca. E não percamos o norte da união, nem a disposição para novas lutas. Mantenhamo-nos no mesmo diapasão, sempre. O Ano Novo é um tempo cujos sonhos devem estar abrigados dentro do coração de cada um de vocês. O poeta (e farmacêutico) Carlos Drummond de Andrade diz: “É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre”. Então, tomemos 2015, sem folgar a mão no leme e façamos deste um ano de conquistas e de consolidação do fortalecimento da profissão farmacêutica, porque a população brasileira carece dos nossos cuidados. Fortalecidos, poderemos servi-la mais e melhor.

O abraço farmacêutico do Walter Jorge João,
Presidente do Conselho Federal de Farmácia.

Fonte: CFF
Autor: Comunicação

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700