Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Conselhos de Farmácia realizam Semana do Farmacêutico

Data: 22/09/2014

Farmacêuticos de todo o país estão realizando atendimentos gratuitos à população em espaços públicos e locais de grande circulação de pessoas, entre os serviços prestados estão: aferição de pressão arterial, dosagem de glicemia e, principalmente, atendimento clínico e orientação ao paciente. O evento é intitulado “Farmacêutico na Praça” e faz parte da Semana do Farmacêutico, de 21 a 27 de setembro. A iniciativa dos Conselhos Federal e Regionais de Farmácia tem o objetivo divulgar o trabalho do farmacêutico - que teve sua importância reconhecida e ampliada a partir da publicação da Lei nº 13.021/14 - e, também, comemorar o Dia Internacional do Farmacêutico, 25 de setembro.

“Queremos que a população das capitais que aderiram à programação venha cuidar de sua saúde e se informar melhor sobre o que o farmacêutico e essa nova farmácia podem, a partir de agora, fazer por ela”, comenta o presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter Jorge João. A Lei estabelece um novo conceito de farmácia para o Brasil, determinando que estes estabelecimentos passem a ser, não mais meros estabelecimentos comerciais, mas unidades prestadoras de assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação individual e coletiva.

As farmácias e drogarias devem, com seus serviços, atuar na proteção e na recuperação da saúde, além de promover o acesso ao medicamento e ao seu uso racional. Isso sem contar a introdução de novos serviços e produtos, como a oferta de vacinas e soros que atendam o perfil epidemiológico de sua região demográfica.

Com todas essas mudanças, os farmacêuticos também tiveram sua atuação ampliada, passando a atuar no acompanhamento farmacoterapêutico e na orientação aos pacientes sobre benefícios e riscos inerentes ao uso dos medicamentos, bem como a maneira adequada de utilizá-los e conservá-los. Eles também se tornaram agentes notificadores de reações adversas como as intoxicações.

Para o Presidente do CFF, Walter Jorge João, o importante, durante a Semana do Farmacêutico, é que cada Conselho Regional e cada farmacêutico voluntário leve ao cidadão informações sobre os serviços que, de alguma forma, possam melhorar a saúde da população. “São serviços oferecidos pelo farmacêutico que antes não eram frequentes nas farmácias e drogarias, mas que, agora, fazem parte do rol de atividades que os estabelecimentos estão autorizados a realizar”, assinala Walter Jorge João, reiterando que são serviços importantes, especialmente no combate à automedicação.

AUTOMEDICAÇÃO - Os dados mais recentes do Sistema Nacional de Informações Toxico-Farmacológicas (Sinitox), da Fundação Oswaldo Cruz, apontam 30.249 casos de intoxicação medicamentosa no país em 2011. Destes, 30% tiveram como vítimas crianças com idade até 5 anos. No ano anterior foram 27.710. “Atuando na orientação ao paciente, o farmacêutico pode contribuir para evitar grande parte desses casos. A orientação quanto ao uso correto de medicamentos é apenas um dos serviços que o farmacêutico pode oferecer em favor da saúde da população”, completa Walter Jorge João.

Fonte: CFF
Autor: Comunicação

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700