Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Presidente do CFF participa do Congresso da FIP

Data: 02/09/2014

O Presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter Jorge João, participou, no dia 30 de agosto, da reunião do Conselho da Federação Farmacêutica Internacional (FIP), órgão mais alto da Federação, na qual o CFF, assim como as demais 125 organizações membro, tem direito a assento e voto.

Na pauta da reunião foram contemplados, dentre outros pontos, a apresentação dos relatórios das atividades das Diretorias de Ciências Farmacêuticas e Práticas Farmacêuticas, da FIP Educação e das atividades que vêm sendo desenvolvidas em colaboração com a Organização Mundial da Saúde (OMS), com quem a FIP mantém relações oficiais. Ainda merecem destaque as eleições em que, pela primeira vez, e com o apoio do CFF, uma mulher foi eleita para ocupar a Presidência da Federação - Carmem Peña (Espanha) está à frente da FIP. Também com o apoio do Brasil, foi eleito, pela primeira vez, um vice-presidente representante da América Latina, Eduardo Sávio (Uruguai).

Durante a reunião no Conselho de líderes, o presidente do CFF, Walter Jorge João, foi convidado pelo presidente da FIP, Michel Buchmann, para discorrer sobre os avanços da profissão, no Brasil. Na oportunidade, Walter Jorge João apresentou as Resoluções/CFF de nº 585 e de nº 586/2013, além da estratégia de criação do Fórum de Luta pela Valorização da Profissão Farmacêutica que une várias entidades que representam a categoria, no Brasil, e destacou a sanção da Lei 13.021/14 e da MP 653/2014, que representa um retrocesso às importantes conquistas.

Durante seu pronunciamento, o presidente do CFF buscou apoio das organizações internacionais: “As farmácias são locais adequados para prestação de assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva e, portanto, devem contar com a presença permanente de um farmacêutico como responsável técnico, devido aos riscos inerentes dos produtos comercializados nesses estabelecimentos, independentemente de seu tamanho”, explicou Walter Jorge João.

A FIP e os países que a congrega ofereceram irrestrito apoio ao Brasil, por concordarem que não podem ser oferecidos à comunidade dois tipos de serviços distintos: “A maior dificuldade que tivemos foi explicar sobre a medida provisória que prevê um tratamento diferenciado para as farmácias/drogarias pequenas, uma vez que os líderes de entidades farmacêuticas internacionais, especialmente os desenvolvidos tais como França, Suécia e Estados Unidos, não entenderam como a população poderá aceitar serviços de qualidade inferior, sem a presença de um farmacêutico”, explica Walter Jorge.

A reunião do Conselho da FIP foi realizada nos dias 30 e 31 de agosto, em Bangkok (Tailândia), no marco do 74 ° Congresso Mundial da Federação, que acontece no período de 31 de agosto a 4 de setembro. O tema deste ano trata da importância da atuação farmacêutica para a garantia de acesso à saúde, e dos impactos da dispensação, serviços clínicos e qualidade da informação sobre medicamentos. Durante o Congresso, o presidente do CFF ainda proferirá palestra aos congressistas sobre uma das pautas prioritárias da agenda do CFF, a que trata de apoio ao movimento clínico no Brasil, momento em que detalhará o processo de construção das Resoluções/CFF nos 585 e 586/2013.
 

Fonte: CFF
Autor: Comunicação

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700