Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

Pesquisa coloca farmacêutico como a 5ª profissão mais confiável

Data: 04/08/2014

Pesquisa realizada em 25 países mostra, que no Brasil, o farmacêutico é a 5ª profissão mais confiável para 76% dos entrevistados. O levantamento pesquisou a opinião pública em torno de 32 profissões. No ranking geral, a profissão farmacêutica também ocupa a 5ª posição.

 

Uma pesquisa divulgada neste mês pelo instituto alemão GFK Verein classificou o nível de confiança da população brasileira em uma lista de 32 profissões. Os farmacêuticos ficaram em quinto lugar, com um índice de 76% de confiança, atrás dos bombeiros, que aparecem no topo da lista com 92% de confiança, seguido dos professores (82%), paramédicos (81%) e pilotos (80%). O estudo teve participação de 28 mil pessoas em 25 países (mil no Brasil).

 

Para o presidente da Fenafar, Ronald Ferreira dos Santos, o dado revela que a sociedade passa a ter uma percepção do papel do farmacêutico como profissional de saúde que está em uma das pontas do serviço, prestando atendimento à população seja nas farmácias, hospitais, postos de saúde, laboratórios e em programas de atenção básica. E essa presença do farmacêutico é fruto de uma luta da qual a Fenafar tem sindo uma das principais protagonistas. "Não é à toa que aprovamos, a cerca de um mês, o projeto que transforma a farmácia em estabelecimento de saúde com a presença obrigatória do profissional farmacêutico. Isso foi possível graças à luta incessante da categoria, mas também de uma mudança de qualidade na visão que todos têm da nossa profissão", avaliou Ronald.

 

Para todas as profissões, os pesquisados tinham as seguintes opções de resposta: "Eu confio completamente"; "Em geral, eu confio"; "Não confio muito"; "Não confio nada"; e "Nenhum comentário".

 

No levantamento global, os farmacêuticos também ocupam a quinta colocação, alcançando o total de 87% de confiança na somatória dos índices apurados nos 25 países em que a pesquisa foi realizada. Os farmacêuticos lideraram o ranking de confiança apenas da Turquia, país em que o índice de aprovação atingiu 90%.

 

As profissões menos confiáveis

 

As profissões com menor índice de confiabilidade, segundo a pesquisa realizada no Brasil, são as da áres de negócio e os empreendedores (42%), à frente de advogados (41%), agentes de seguro (30%), prefeitos (14%) e políticos (6%).

 

No geral, o índice de confiança dos brasileiros nos profissionais é de 56%, o que coloca o país na penúltima posição, à frente apenas da Argentina (55%). As taxas mais altas aparecem na África do Sul (81%), na Índia (78%) e no Canadá (77%).

 

Os bombeiros são os profissionais mais confiáveis no mundo, segundo a pesquisa, pois lideram o ranking em 15 dos 25 países.

 

Veja abaixo a lista completa do índice de confiança dos brasileiros nos profissionais

 

Bombeiros – 92%

Professores – 82%

Paramédicos – 81%

Pilotos – 80%

Farmacêuticos – 76%

Enfermeiros – 72%

Arquitetos – 72%

Médicos – 66%

Jornalistas – 66%

Engenheiros e técnicos – 64%

Soldados – 61%

Juízes – 59%

Motoristas de táxi – 57%

Atores – 57%

Condutores de trens ou metrô – 56%

Especialistas em computação e software – 56%

Artesãos – 55%

Fazendeiros – 55%

Publicitários – 53%

Profissionais de pesquisa de opinião e mercado – 53%

Vendedor de varejo – 53%

Pastores e padres – 50%

Atletas profissionais – 49%

Apresentadores de TV – 48%

Funcionários públicos – 48%

Profissionais do setor bancário – 46%

Policiais – 44%

Profissionais de negócios e empreendedores – 44%

Advogados – 41%

Agentes de seguros – 30%

Prefeitos – 14%

Políticos – 6%

 

 

Fonte: Fenafar

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700