Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Um nome marcado na história

Data: 13/04/2009

A Escola de Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto (Unifop) completou 170 anos, no dia 04 de abril de 2009. A solenidade de comemoração foi realizada, durante o II Congresso de Ciências Farmacêuticas de Ouro Preto (Concifop), e contou com a presença do Presidente do Conselho Federal de Farmácia, Jaldo de Souza Santos.

Souza Santos lembrou a importância histórica da Escola de Farmácia e destacou a modernidade de suas instalações e de sua grade curricular. “Ao completar 170 anos de existência, a Escola de Farmácia da UFOP é um marco na história da saúde do País. Por aqui, passaram grandes mestres, pesquisadores, estudiosos e grandes farmacêuticos. É uma honra poder participar das comemorações e conhecer as instalações e métodos de ensino modernos, numa instituição histórica”, disse o Presidente do CFF.

HISTÓRIA - Fundada em 1839, a Escola foi criada com o intuito de regularizar as práticas de medicina popular, com pouca contribuição de profissionais com formação acadêmica da época; e teve grande influência, além das fronteiras do Estado, já que Ouro Preto era um dos principais centros de ensino do país, trazendo estudantes de todo território nacional.

No início do século passado, a Escola passou a funcionar no prédio que ocupa, até hoje, local onde funcionou a Assembléia Provincial e foi jurada a 1º Constituição Republicana de Minas Gerais. Além de salas de aula, a Escola passou a ter as seguintes instalações: gabinete de Física Experimental, gabinete de Fisiologia Experimental, gabinete de Botânica e Zoologia, gabinete de Matéria Médica, laboratório de Química Orgânica e Biológica, laboratório de Química Analítica e Toxicologia, anfiteatro de Anatomia, Oficina de Farmácia e Biblioteca.

O curso tinha grande procura, sendo que, entre 1890 e 1910, a Escola diplomou 846 alunos com picos de 91 formandos, em 1906 e 1911. O seu poder de influência ultrapassou as fronteiras do Estado, já que Ouro Preto era um dos principais centros de ensino do País, atraindo estudantes de todo o território nacional. Em 1950, a Escola foi federalizada, ficando subordinada diretamente ao Ministério da Educação e Cultura. Em 1969, torna-se uma das unidades acadêmicas da Universidade Federal de Ouro Preto.

O curso de Farmácia da UFOP implantou, desde o segundo semestre de 2006, o currículo para formação de profissional generalista, possui o Laboratório Piloto de Análises Clínicas (Lapac) e várias atividades de extensão.

CONCIFOP - De 30 de março a 3 de abril, foi realizado, no Centro de Artes e Convenções e no prédio da Escola de Farmácia do Centro Histórico de Ouro Preto (MG), o “II Congresso de Ciências Farmacêuticas de Ouro Preto (Concifop)”, organizado pelo Programa de Educação Tutorial de Farmácia (PET) e pela Fundação Educacional de Rádio e Televisão de Ouro Preto (FEOP). O encontro reuniu profissionais e estudantes da área das Ciências Farmacêuticas, proporcionando a troca de experiências entre os meios acadêmico e profissional, através de palestras, mesas-redondas, cursos e minicursos.

A programação abordou temas das áreas básicas da Farmácia (manipulação, drogaria, hospitalar, homeopática), Análises Clínicas, Indústria e Saúde Pública, na tentativa de abranger todas as áreas de atuação de um farmacêutico. No encerramento do evento, o Presidente do CFF, Jaldo de Souza Santos, ministrou a palestra “Os desafios da educação farmacêutica no Brasil”.

 

Fonte: CFF/Ufop
Autor: Veruska Narikawa

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700