Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

VI Conferência Nacional de Educação Farmacêutica discutirá modelos e mudanças no ensino de Farmácia

Data: 10/03/2009

“É necessário mudar, sempre; é importante não desistir de mudar, porque a mudança é a força dominante da sociedade moderna”. É o que diz o Professor de Farmácia, Geraldo Alécio de Oliveira, Vice-Presidente da Associação Brasileira de Ensino Farmacêutico e Bioquímico (Abenfarbio), sobre o modelo de ensino farmacêutico brasileiro. Afinados com esta idéia estão, também, os integrantes da Comissão de Ensino do Conselho Federal de Farmácia (Comensino).

Para promover esse ideal, juntas, a Abenfarbio e a Comensino estão programando a realização da VI Conferência Nacional de Educação Farmacêutica. O evento será realizado, de 6 a 9 de maio de 2009, no Hotel Nacional, em Brasília. Por meio dele, o CFF propõe uma ampla discussão sobre gestão e qualidade no ensino farmacêutico.

Segundo a Abenfarbio e a Comensino, estas são preocupações que vem acompanhando os principais líderes educacionais, há anos, e que estão ainda mais presentes, no Século XXI, quando todo o dinamismo e a velocidade das informações exigem uma nova postura e atitudes educacionais. Nesta realidade, o estudante passa a ser o centro do processo ensino-aprendizagem e o professor assume um papel de facilitador do conhecimento.

“Isto exige uma mudança de modelo educacional”, afirma Geraldo Alécio, Professor e Coordenador do Curso de Farmácia da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo (SP). Ele explica que a intenção do CFF é fazer da VI Conferência “um espaço de discussão ético, democrático e transparente”, pois a construção de parâmetros para que as mudanças surjam exige estas características. “Nesse ambiente, não há medo de mudanças”, garante.

Nos três dias de evento, serão realizadas palestras, debates, mesas redondas, fóruns e oficinas, todos abordando temas, como gestão educacional com foco na qualidade, inovação em educação farmacêutica, planejamento acadêmico, metodologias ativas de ensino e aprendizagem, avaliação da aprendizagem, dentre outros.

Além disto, as novas experiências em educação farmacêutica ganharão destaque. Elas serão divulgadas, por meio da apresentação de pôsteres das melhores experiências inovadoras implantadas por professores de todo o País. Já as oficinas, serão momentos importantes de aprimoramento docente, que contarão com a participação de profissionais experientes, que atuam nas áreas que serão debatidas. No espaço para fóruns, os participantes poderão dar suas contribuições para o aperfeiçoamento da construção da educação farmacêutica.

Para o Professor Geraldo Alécio de Oliveira, a importância do evento é reunir as propostas modernas de educação, discuti-las e criar parâmetros para as escolas de Farmácia, com melhores metodologias de ensino e práticas, e divulgá-las, para que todos tenham acesso aos mesmos. “As discussões permitirão criar uma diretriz, e poderá se chegar a uma uniformidade das propostas pedagógicas a serem utilizadas, em todo o País”, afirma Alécio.

O EVENTO - Durante a VI Conferência, a Abenfarbio apresentará um relatório de suas atividades realizadas, em 2008, e uma comparação entre as propostas sugeridas na Conferência anterior pelos vários profissionais que serão ouvidos novamente para um novo planejamento. Tudo isto, visando a honrar o compromisso da entidade, que é, segundo a sua diretoria, "orientar e auxiliar os profissionais do ensino de Farmácia na formação pessoal, social e profissional dos farmacêuticos, contribuindo para o crescimento e o sucesso da profissão, por meio da formação de cidadãos éticos e comprometidos com a saúde e o bem-estar da humanidade"

Participarão do evento professores, coordenadores de cursos, estudantes, especialistas em ensino farmacêutico e colaboradores que atuam no setor. Estão confirmadas, também, as presenças de palestrantes nacionais e internacionais. Um deles é o renomado farmacêutico Javier Vergara Nunez, do Chile, que virá para proferir palestras. A Abenfarbio e a Comensino estão abertas a novas propostas, e contam com a colaboração dos associados para a organização do evento. Dúvidas e sugestões poderão ser enviadas para o site www.abenfarbio.org.br, por meio do link “Fale com a diretoria”.

INSCRIÇÕES - As inscrições para a Conferência estão abertas. Informações encontram-se no site da Abenfarbio. Para os participantes que vêm de outros Estados, a comissão organizadora do evento negociou valores diferenciados com o Hotel Nacional. Os detalhes e valores estão disponíveis no site da Associação. A programação completa está disponível no endereço eletrônico www.abenfarbio.org.br.

COMENSINO – A Comissão de Ensino do CFF é composta pelos farmacêuticos-professores Magali Demoner Bermond (ES), Presidente; Carlos Cecy (PR),
Zilamar Costa Fernandes (RS), Ely Eduardo Saranz Camargo (SP) e Nilsen Carvalho Fernandes de Oliveira Filho (RN).

ABENFARBIO – Integram a diretoria da Abenfarbio os seguintes farmacêuticos-professores: Carlos Cecy (PR), Presidente; Geraldo Alécio de Oliveira (SP); Vice-presidente; Eula Maria de Melo Barcelos Costa (GO), Secretária-Geral; Ilza Martha de Souza (MT), Primeira Secretária; Hemerson Bertassoni Alves (PR), Tesoureiro-Geral; e Paulo Haidamus de Oliveira Bastos (MS), Primeiro Tesoureiro.
 

Fonte: CFF
Autor: Pela estagiária de Jornalismo Paula Diniz

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700