Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Plenário do CFM recebe Presidente do CFF

Data: 27/03/2014

 Atendendo ao convite feito pelo Presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto D´Ávila, feito no dia 26 de fevereiro, durante visita ao Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter Jorge João, Presidente do CFF, esteve hoje, dia 27 de março, presente na 1ª Sessão Plenária Extraordinária do CFM, em Brasília (DF).

O Presidente do CFM recepcionou os representantes do CFF e, ao apresentá-los ao seu plenário, destacou a forma acolhedora e cortês como foi recebido, junto com o vice-presidente, Carlos Vital, durante a visita realizada ao CFF. Em seguida, solicitou reciprocidade aos seus pares, ao tempo em que destacou alguns dos pontos discutidos, assinalando acreditar na grande possibilidade de serem consensuados.

Para Walter Jorge João, a aproximação marca o restabelecimento do diálogo com as demais categorias da área da saúde. “É importante destacar que temos muito mais pontos em comum do que divergências com a medicina. Várias de nossas lutas também são lutas dos médicos. E essa aproximação nos permite debater as divergências e evitar a judicialização de pautas discordantes,” disse o Presidente do CFF.

Walter Jorge João fez, ainda, um relato histórico de conquistas das duas profissões. “Por muitos anos, trabalhos juntos, e não faz sentido, estarmos separados. Estive à frente do Conselho Regional de Farmácia do Pará e fiz parte do grupo que obteve histórica vitória na recolocação do farmacêutico na farmácia”, afirmou.

O Conselheiro Federal de Medicina pelo Estado do Pará, Waldir Cardoso, lembrou que além de estar junto dos farmacêuticos do Pará na luta destacada pelo Presidente do CFF, a medicina foi parceira da farmácia em outras bandeiras comuns como a defesa da farmácia como estabelecimento de saúde e na luta pelos genéricos.

Walter Jorge João lembrou da necessidade de fazer oposição formal ao PL 7036/2014, de autoria do Deputado Rogério Carvalho (PT/SE), que, se aprovado, irá ferir a autonomia dos conselhos profissionais da saúde”, declara o presidente do CFF.

O plenário do CFM destacou alguns pontos de pauta a serem debatidos entre médicos e farmacêuticos: fracionamento de medicamentos; necessidade de carimbo do médico em receitas aviadas nas Farmácias Populares; necessidade de explicitar o diagnóstico no receituário, exigida por algumas farmácias; a dispensação de receitas de médicos estrangeiros que atuam em zonas de fronteira; “pesquisas” mercadológicas realizadas em farmácias, entre outros relacionados às resoluções de nº 585 e nº586, do CFF.

Walter Jorge João esteve no CFM acompanhado pelos assessores da presidência do CFF, Josélia Frade e Tarcísio Palhano, e pelo Consultor ad hoc (CFF), Wellington Barros. A próxima visita dos representantes do CFF ao CFM está marcada para o dia 15 de abril de 2014, oportunidade em que serão debatidos os pontos listados, pela categoria médica, como inquietantes. Os representantes do CFM também foram convidados a participar da próxima reunião plenária do CFF, que será realizada no mês abril.

Fonte: CFF
Autor: Comunicação

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700