Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

Assistência farmacêutica

Data: 28/01/2014

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT), disse durante o Jantar do Farmacêutico, promovido pelo CRF-SP no sábado (25/01), no Esporte Clube Sírio, que apoia a aprovação do substitutivo do deputado federal Ivan Valente (PSOL) ao Projeto de Lei 4385/94, da ex-senadora Marluce Pinto, na Congresso Nacional.

“Nós devemos continuar trabalhando no sentido de convencer quem tiver de ser convencido no parlamento para aprovar o substitutivo do deputado Ivan Valente e impedir que aquela proposta da Marluce Pinto venha à luz com força. Na minha opinião, não virá. Estou dizendo, como líder do governo, que nós vamos trabalhar nisso”, disse o líder parlamentar em discurso durante o jantar.

O substitutivo ao PL 4385/94 tramita há anos no Congresso e está pronto para ser votado no plenário da Câmara. Ele define as farmácias e drogarias como unidades de saúde, além de garantir o direito do cidadão à assistência farmacêutica integral e é uma reivindicação apoiada pelo CRF-SP.

Chinaglia também comentou boato de que haveria dentro do governo um posicionamento defendendo que não houvesse a necessidade e exigência de assistência farmacêutica nas farmácias. “Na condição de líder de governo, nunca ouvi falar nisso. Temo que, ao se divulgar esse tipo de boato, nós poderíamos reforçar a posição daqueles que fazem da farmácia um simples comércio. O objetivo do farmacêutico é cuidar dos pacientes e não ser vendedor de medicamentos”, tranquilizou o deputado.

Ivan Valente, autor do substitutivo, também compareceu ao Jantar do farmacêutico e reafirmou que saúde não é uma mercadoria, que o farmacêutico é o profissional necessário e que a assistência farmacêutica integral é um direito do cidadão. “Medicamento é coisa séria, que diz respeito à vida dos cidadãos brasileiros. Por isso, nós entendemos que a dispensação de medicamentos é diferente de venda. Temos de nos mobilizar nacionalmente e garantir essa vitória para a categoria farmacêutica”, afirmou.

O evento contou ainda com a presença do deputado federal Walter Ihoshi (PSD), que lidera uma frente parlamentar pela desoneração de impostos para medicamentos. “O Brasil é o campeão de impostos sobre remédios no mundo. A nossa luta no âmbito dos estados junto aos secretários estaduais de fazenda para diminuir o (Imposto sobre Circulação de Impostos e Serviços (ICMS), que em São Paulo é de 18% e queremos reduzir para 12%”, afirmou o deputado.

Votação

O Projeto de Lei 4385/94, do Senado, que torna obrigatória a presença de um farmacêutico nas farmácias, está pronto para ser votado no Plenário da Câmara dos Deputados, de acordo com informações do portal da Câmara.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação CRF-SP
Autor: Carlos Nascimento

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700