Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

CFF busca experiências bem sucedidas em EAD

Data: 12/12/2013

 Assessores técnicos e o grupo de consultores ad hoc do Conselho Federal de Farmácia (CFF) estão reunidos nesta quinta e sexta-feira, dias 12 e 13 de dezembro, no auditório do Centro Brasileiro de Informações sobre Medicamentos (Cebrim) para conhecer as experiências na formação de farmacêuticos por meio de cursos à distância (EAD) de vários pontos do País. O objetivo é colher subsídios para o planejamento dos cursos que o Conselho oferecerá, a partir do próximo ano, para capacitação de farmacêuticos em prescrição farmacêutica e farmácia clínica. O primeiro está previsto para março e o segundo deve ser iniciado no final de 2014.

A abertura do evento foi prestigiada pelo presidente da instituição, Walter Jorge João, e o vice-presidente, Valmir de Santi. Walter Jorge João disse se sentir honrado em receber farmacêuticos de destaque na área de educação à distância e salientou que o encontro representa mais um passo para a concretização de um compromisso assumido, por ele, em setembro, por ocasião da publicação das Resoluções nº 585 e 586. “Eu disse que o CFF disponibilizaria ferramentas para capacitação dos profissionais para as novas competências regulamentadas. Agora, estamos a caminho de concretizar este compromisso.”

Walter Jorge João destacou que o objetivo do CFF é capacitar o maior número de farmacêuticos possível. Por isso, a opção pelo ensino à distância. Mas frisou que a qualidade está sendo e será sempre uma preocupação do Conselho. “Estamos buscando nas melhores fontes e com quem já oferece bons cursos, a base para o nosso projeto.” A assessora da presidência, Josélia Frade reforçou as palavras do presidente do CFF e lembrou que o Conselho quer, além de aproveitar as experiências, divulgá-las. “A nossa categoria precisa conhecer o trabalho de colegas que contribuem para o engrandecimento de nossa profissão.”

A partir do encontro, os assessores técnicos e consultores ad hoc do CFF começarão a planejar o conteúdo dos cursos e elaborar os materiais que serão disponibilizados aos alunos. Josélia Frade destaca que o CFF, com a realização dos cursos, extrapola o seu papel de órgão regulamentador e se propõe a instrumentalizar o farmacêutico, para que ele esteja apto a assumir seus novos papeis. “O Conselho acredita que a atuação clínica e a prescrição farmacêutica são ferramentas importantes para a valorização profissional e quer que os farmacêuticos estejam seguros de sua competência, de que têm muito a contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde.”

As experiências foram mostradas nesta quinta-feira. Dois palestrantes fizeram videoconferência: Verlanda Lima Bontempo falou sobre o Programa de Educação Permanente da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais; Mauro Castro relatou a experiência da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com a formação à distância de farmacêuticos para a atuação na Atenção Primária à Saúde e junto às equipes que compõe a estratégia de saúde da família. Também demonstraram suas experiências Silvana Nair Leite, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que oferece capacitação em gestão da assistência farmacêutica, e Guilherme Dias e Ricardo Nantes, do Portal Educação (MS), que tem mais de 120 mil matrículas.

Fonte: CFF
Autor: Comunicação

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700