Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

Workshop reúne, em outubro, especialistas em Polimorfismo e Nanofármacos

Data: 12/09/2013

Representantes dos setores farmoquímico e farmacêutico são esperados no “II Workshop Polimorfismo e Nanofármacos: oportunidades, tendências e desafios na indústria farmacêutica”, que vai acontecer nos dias 03 e 04 de outubro, no Parque Tecnológico São José dos Campos, São Paulo.

O evento vai abordar temas de fundamental importância para essas indústrias, como soluções técnicas e questões regulatórias, e acontece em parceria entre o laboratório e-Diffraction Pharma (NanoBusiness), empresa incubada no Instituto Gênesis da PUC-Rio, a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e conta também com o apoio do Departamento de Engenharia de Materiais da PUC-Rio (DEMa) e da Escola Médica de Pós-graduação da PUC-Rio (MED/PUC-Rio).

Os nanofármacos são capazes de armazenar em seu interior a molécula de uma droga ou o princípio ativo de um medicamento, oferecendo uma melhor eficiência no transporte pelo organismo para que a liberação do composto específico ocorra na região de interesse. Em função das características dos nanofármacos, torna-se possível reduzir os efeitos colaterais quando comparados com os medicamentos convencionais. Desse modo, apresentam-se como uma das apostas da indústria farmacêutica para o desenvolvimento de produtos inovadores nos próximos anos.

Polimorfismo, por sua vez, é a capacidade de uma substância, no estado sólido, existir em mais de uma estrutura cristalina. No caso das indústrias farmoquímica e farmacêutica, ele pode ocorrer nas diferentes fases do desenvolvimento de novos medicamentos e durante sua produção em larga escala (comprimidos e drágeas). Sem um controle de qualidade e pesquisa adequados dos fármacos que apresentam este fenômeno do polimorfismo, os remédios podem apresentar eficácia terapêutica inadequada ou até mesmo tornarem-se perigosos para o consumo. No Brasil, não há uma legislação madura a respeito do seu controle — como existe na Europa e nos EUA, por exemplo — e o workshop pretende justamente sensibilizar a sociedade para a importância desta regulamentação. A Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA) está atenta ao caso e vem criando portarias a respeito. Está em jogo a saúde das pessoas.

Após o sucesso da primeira edição, realizada em 2010, o evento deste ano pretende dar continuidade às discussões acerca do impacto do polimorfismo na indústria e seus aspectos relativos à legislação, questões de patente e controle de qualidade de fármacos e medicamentos produzidos no país. O encontro é voltado para os agentes inseridos na cadeia produtiva dos setores farmoquímico e farmacêutico, ou seja, profissionais da indústria, escritórios de propriedade intelectual, representantes de instituições reguladoras e meio acadêmico em geral, como professores e alunos de Engenharia, Farmácia, Direito, Química, Biologia, Física e Medicina.

Um dos palestrantes é o professor Ronaldo Pedro da Silva, do DEMa, coordenador Técnico do Laboratório de DRX e SAXs, da PUC-Rio, diretor da e-Diffraction Pharma (NanoBusiness) e integrante do comitê organizador do evento. Prof. Ronaldo Silva falará sobre o consumo colaborativo de tempo de Luz Síncrotron a favor da competitividade da indústria farmacêutica. Segundo o palestrante, “o Brasil não deixa nada a dever a outros países, pois conta com mão de obra e pesquisadores qualificados a prestarem este serviço de controle de qualidade e pesquisa, além de uma infraestrutura de equipamentos e laboratórios adequada”.

O evento conta ainda com a apresentação do Prof. Dr. Joel Bernstein, referência mundial na área de polimorfismo e patentes no setor farmacêutico e consultor de diversas empresas como Pfizer, Johnson & Johnson, GlaxoSmithKline, Roche, Abbott, Sanofi-Aventis, Organon e Astra Zeneca. Além dele, está confirmada a palestra da Dra. Nair Rodrigues Hornedo, consultora da FoodDrug Administration (FDA) em processos de cristalização de co-cristais de fármacos.

O “II Workshop Polimorfismo e Nanofármacos: oportunidades, tendências e desafios na indústria farmacêutica” também é apoiado pela Associação Brasileira de Indústria Química (ABIQUIM), pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos e Produtos Farmacêuticos (IPD-Farma) e pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

SERVIÇO:

Evento: “II Workshop “Polimorfismo e Nanofármacos: oportunidades, tendências e desafios na Indústria farmacêutica”

Data: 3 e 4 de outubro

Horário: A partir das 9h

Local: Parque Tecnológico São José dos Campos, SP

Inscrições e programação: http://e-diffraction.com/workshop

Fonte: Portal Planeta Universitário

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700