Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

Fortaleza é a capital com maior incidência de automedicação

Data: 14/08/2013

Um terço da população compra tarja preta sem receita.

A falha na fiscalização da obrigatoriedade da receita médica para a venda de medicamentos possibilita que a população brasileira continue comprando produtos controlados sem prescrição.

É o que mostra a pesquisa do instituto Datafolha e o Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), realizada em novembro e dezembro de 2012, em 12 capitais brasileiras.

Com esse costume destacam-se os moradores de Fortaleza, que configuram no primeiro lugar entre as capitais que mais consomem medicamentos sem receitas.

De acordo com a pesquisa, mais de um terço da população de cidade (38%), consome medicamento de tarja preta ou vermelha, sem prescrição médica. Atrás da capital cearense, estão Goiânia (GO), com 33%, Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ), com 25% e Belém (PA), com 24%.

O estudo mostra, ainda, que 83% dos consumidores vão à farmácia como um supermercado ou loja de conveniência e que 52% consumidores não conseguem identificar o farmacêutico dentro do estabelecimento, e acaba consumindo o medicamento sem orientação. Quando o medicamento provoca uma reação adversa, somente 36% buscam o hospital e 13% pedem ajuda a um farmacêutico.

Fonte: Guia da Farmácia Online

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700