13/05/2015 - CFF divulga documento pela participação de farmacêuticos na 15ª CNS

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) produziu e está distribuindo um informativo sobre a importância da participação dos farmacêuticos de todo o país nas diferentes etapas da 15ª Conferência Nacional de Saúde. Elaborado pelos farmacêuticos Francisco Batista Júnior e Lorena Baía, representantes do Conselho Federal de Farmácia (CFF) no Conselho Nacional de Saúde (CNS), o documento foi discutido e aprovado na 61º Reunião Geral dos conselhos federal e regionais de Farmácia, realizada nos dias 18 e 19 de março, em Brasília.

A intenção é que além de se orientarem sobre o assunto por meio do informativo, os farmacêuticos o utilizem como guia para a defesa de propostas de interesse da profissão nas etapas municipais e estaduais. As etapas municipais começaram no dia 9 de abril e as estaduais iniciam em 16 de julho. Atual representante do Conselho Federal de Farmácia (CFF) na Comissão Intersetorial de Recursos Humanos (CIRH) do CNS, Francisco Batista Júnior destaca que o objetivo da iniciativa do CFF é, com o apoio dos CRFs, garantir o maior número possível de delegados farmacêuticos em cada etapa, para que a categoria seja bem representada na conferência nacional.

A conferência é o principal fórum para a definição de estratégias e de mobilização pela efetivação da assistência farmacêutica no Sistema Único de Saúde. “A Política Nacional de Assistência Farmacêutica já tem dez anos e ainda não é plenamente colocada em prática”, comenta Francisco Batista Júnior. Entre as propostas elencadas para serem defendidas nos eventos-base, propostas estas comuns a todos os trabalhadores da área da Saúde, estão a criação de uma carreira única de Estado para todos os trabalhadores da saúde; a garantia do concurso público como meio de acesso dos trabalhadores da saúde ao SUS e a inserção da Assistência Farmacêutica em todos os níveis de atenção à saúde.

O presidente do CFF, Walter Jorge João, lembrou que o Conselho tem a inserção do farmacêutico no SUS como uma de suas prioridades. Walter Jorge João conclamou os presidentes e demais diretores dos conselhos regionais a se envolverem no processo de construção da 15ª Conferência Nacional de Saúde, buscando uma efetiva participação da categoria nas etapas locais, municipais e estaduais.
“O controle social é uma ferramenta de participação da sociedade na gestão do SUS e as conferências são espaços privilegiados de debate e deliberações acerca do que a profissão entende como pontos essenciais para implementação no setor público. Não podemos perder estas oportunidades.” Walter Jorge João pede aos farmacêuticos que fiquem atentos ao calendário das conferências de saúde. A Conferência Nacional será em dezembro.
 

Para acessar o informativo sobre a 15ª Conferência Nacional de Saúde, clique aqui.


Autor: Comunicação CFF

Fotos Relacionadas