07/01/2009 - CFF diponibiliza download de duas publicações sobre educação farmacêutica

A educação farmacêutica vem experimentando, no Brasil, uma mudança abrangente trazida pelas Diretrizes Curriculares, editadas pelo Ministério da Educação, em 2002. Mas ao mesmo tempo em que as Diretrizes representam uma conquista dos farmacêuticos, elas estabeleceram critérios que revelam diferenças gritantes entre os cursos de Farmácia. Um desafio para o ensino farmacêutico, no País.

O Conselho Federal de Farmácia (CFF), através de sua Comissão de Ensino, concluiu dois estudos sobre o ensino de Farmácia que podem ser usados como guias pelas instituições. Estes estudos foram publicados e distribuídos a faculdades, bibliotecas públicas, organizações de saúde e, em especial, farmacêuticas. E, agora, podem ser acessados, na íntegra, no site do CFF (Links abaixo)

Os estudos revelam os pontos críticos que emperram a adequação dos cursos de Farmácia às Diretrizes Curriculares; oferecem um modelo repleto de estratégias a ser seguido pelos cursos; e propõem uma carga horária para os cursos de Farmácia.

“Os Desafio da Educação Farmacêutica no Brasil”

“Modelo Referencial de Ensino para uma Formação farmacêutica com Qualidade”
 

Fonte: CFF
Autor: Veruska Narikawa

Fotos Relacionadas